Leia também:
X Rosa Weber envia à PGR pedido de inquérito contra Bolsonaro

EUA visam cadeias de produção próximas e miram Brasil

Secretário-adjunto do Departamento de Comércio deu declarações sobre os planos do governo americano

Pleno.News - 18/05/2022 20h21 | atualizado em 19/05/2022 11h02

Casa Branca, residência oficial do presidente norte-americano Foto: Pixabay

O secretário-adjunto do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, Don Graves, defendeu a necessidade de que as etapas das cadeias de produção sejam trazidas para mais perto dos Estados Unidos. Ele disse que está conversando com o Brasil sobre oportunidades nesse sentido.

Depois da pandemia e com a guerra da Ucrânia, aumentaram as preocupações de países europeus e dos EUA da dependência de insumos e produtos fabricados na Ásia, principalmente na China.

– Temos conversas com o Brasil nas áreas de semicondutores, manufaturados, agricultura e saúde – disse Graves.

Secretário-adjunto do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, Don Graves Foto: Reprodução/Print de vídeo YouTube U.S. Department of Commerce

No último dia de sua visita ao país, o representante do governo norte-americano conversou com jornalistas em Brasília e disse que a viagem tem o objetivo de aprofundar a relação comercial entre os dois países.

– Queremos aumentar investimentos dos Estados Unidos no Brasil e de brasileiros nos Estados Unidos – afirmou.

Em encontros com autoridades do governo e representantes da iniciativa privada, Graves discutiu também a implementação da tecnologia 5G no país. Os EUA defendem a adoção de tecnologias do país, em contraponto a empresas chinesas.

– Discutimos a necessidade de segurança no 5G para proteger contra questões que vimos em outros países. Acreditamos que companhias americanas fornecem o tipo certo de ferramentas e de segurança – falou Graves.

Ele ressaltou que a missão ao Brasil foi uma das maiores da história recente, com a presença de quase 70 companhias, e discutiu temas como facilitação de comércio, práticas regulatórias e acordos já firmados entre os dois países.

*AE

Leia também1 Brasileira que descobriu novo asteroide fará curso da Nasa
2 EUA suspendem algumas sanções contra a Venezuela
3 Projeto para proteger o aborto fracassa no Senado dos EUA
4 Joe Biden e Bolsonaro negociam encontro em junho, nos EUA
5 Esposa de Joe Biden faz visita surpresa à Ucrânia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.