Leia também:
X Bolsonaro: “A pandemia nos fez endividar R$ 700 bilhões”

Terceira Idade tem maior espaço no mercado de trabalho

Tendência de contratação é comprovada com várias empresas oferecendo vagas

Pierre Borges - 13/11/2020 17h27 | atualizado em 13/11/2020 17h28

Robert De Niro e Anne Hathaway no filme Um Senhor Estagiário Foto: Divulgação

No meio de uma pandemia e uma crise financeira que causaram a demissão de milhares de pessoas em 2020, uma crescente tendência do mercado tem surgido como uma luz de esperança para a terceira idade. No último ano, grandes empresas como Nestlé, Unilever, Santander e Pão de Açúcar abriram vagas de emprego e estágio exclusivas para pessoas acima dos 50 anos e a oferta está cada vez mais comum.

Os números mostram que, junto com as ofertas, a demanda por essas vagas também é grande. Em outubro, a Unilever recebeu mais de 1.500 inscrições para seu programa anual de estágio para pessoas acima dos 55 anos, um número 74% maior em comparação com o ano passado.

Além de vagas, cursos profissionalizantes também estão sendo ofertados para vovôs e vovós. Em setembro, as empresas Oracle e Labora, abriram as vagas para a edição 2020 do programa Seniores Digitais, que tem por objetivo introduzir idosos à uma segunda carreira, em tecnologia. O curso de seis meses de duração, conta com lógica de programação na grade e recebeu um número de inscrições 36 vezes maior do que o número de vagas inicialmente ofertadas, fazendo as empresas aumentarem a oferta de 50, para 500 vagas. Para o CEO da Oracle, Rodrigo Galvão, o que faz a diferença nos negócios hoje, é a conjunção das gerações.

A empresa de turismo Cataratas abriu, em julho, vagas para o programa VóVô Estagiário, onde qualquer pessoa que tivesse netos e estivesse cursando qualquer faculdade a partir do 3º período, poderia se inscrever. Desde 2018, o grupo Cataratas também possui o programa Dona Harpia, que oferece oportunidades para brasileiros com mais de 60 anos.

Leia também1 Assista! Filmes que retratam o universo do mercado financeiro
2 Bolsonaro critica 'gênero neutro': “Aparelhamento na educação”
3 Em audiência, Flordelis chora e nega ter cometido crime
4 Joice canta "musiquinha" para Bruno Covas e web tira sarro
5 Wilson Witzel ataca Bolsonaro e chama presidente de "azeitona"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.