CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Greve dos petroleiros é ilegal, decide ministro do TST

Taxa de desemprego deve continuar caindo, diz estudo

Previsão é de queda mais intensa nos próximos meses

Gabriela Doria - 17/02/2020 21h26

Previsão é de queda no desemprego nos próximos meses Foto: Agência Senado/Roberto Suguino

Um novo relatório da Instituição Fiscal Independente (IFI) prevê que a taxa de desemprego no Brasil continuará em queda nos próximos meses.

O Relatório de Acompanhamento Fiscal apontou que o desemprego ficou em 11% no fim do ano passado, apresentando uma queda mais intensa nos dois últimos meses do ano. Por esta razão, a tendência é que a queda no desemprego deve se acentuar nos meses seguintes, acompanhado a redução do fim de 2019.

O aumento no emprego deve-se, em parte, às novas modalidades de contratação, como o trabalho intermitente ou parcial.

– Em linhas gerais, as condições no mercado de trabalho continuam a apresentar melhora gradual, em linha com a lenta recuperação observada na atividade econômica. De todo modo, existem sinais de melhora nas condições de emprego e renda, o que tende a impulsionar o consumo das famílias nos próximos meses – concluiu o relatório.

Apesar do prognóstico positivo, a IFI aponta que o desemprego só terá uma redução substancial quando a economia apresentar melhoras mais concretas.

Leia também1 Empresa do setor de serviços financeiros abre vagas no RJ
2 Intenção de consumo sobe para o maior índice em 5 anos
3 CGU aponta irregularidades no seguro-desemprego


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo