Leia também:
X “Sigo há quase um mês sem poder ver ou conversar com ele”

Maia “culpa” o governo por fechamento da Ford no Brasil

Para o presidente da Câmara, decisão demonstra "falta de credibilidade" do governo federal, ausência de regras claras e segurança jurídica

Pleno.News - 11/01/2021 19h51 | atualizado em 12/01/2021 10h47

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira (11) que o fechamento das fábricas da Ford no Brasil seria, na visão dele, uma demonstração da “falta de credibilidade” do governo federal. Ele também considera que o anúncio da montadora evidencia a ausência de regras claras, de segurança jurídica e de um sistema tributário racional.

Defensor da proposta de reforma tributária de autoria do candidato apoiado por ele para a sucessão no comando da Câmara, Baleia Rossi (MDB-SP), o atual presidente da Casa apontou que o sistema tributário teria se tornado um “manicômio” nos últimos anos, com impacto direto sobre a produtividade das empresas.

– Espero que essa decisão da Ford alerte o governo e o Parlamento, para que possamos avançar na modernização do Estado e na garantia da segurança jurídica para o capital privado no Brasil – escreveu Maia em sua conta no Twitter.

*Estadão

Leia também1 Mourão afirma que Lira e Baleia votam com o governo na Câmara
2 Maia fez recorde de 250 viagens em aviões da FAB no ano de 2019
3 Malafaia manda Maia "calar a boca" e o chama de "medíocre"
4 "Bolsonaro é covarde", dispara Maia em ataque ao presidente
5 "Irritado", Maia vai ao ataque e se refere a rival como 'Bolsolira'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.