Leia também:
X ‘Há boatos de acordo entre Maia e esquerda contra privatizações’

Jovem de 22 anos lança curso para quem deseja empreender

Empresário transformou estratégias que usou para deslanchar seu negócio em videoaulas

Pleno.News - 30/09/2020 16h49 | atualizado em 01/10/2020 09h49

Empreendedor de 22 anos lança videoaulas para ajudar outros empreendedores Foto: Arquivo pessoal

De acordo com uma pesquisa divulgada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com a Amway Global Entrepreneurship Report (AGER), 74% dos jovens brasileiros desejam empreender.

Dos empreendedores atualmente no mercado, 47% deles têm de 18 a 35 anos. Essa parcela de jovens empresários almeja a consolidação de um negócio próprio, mas enfrenta alguns desafios grandes. Ainda segundo dados da pesquisa, apenas 33% consegue superar essas dificuldades. As maiores são o auxílio para conseguir capital (29%), trabalho de divulgação e marketing (19%), contratação (19%), ideia do negócio (14%) e questões regulamentares (12%).

O empresário Marcelo Augusto, de 22 anos, decidiu lançar uma ferramenta digital justamente para o público jovem que deseja empreender. É uma plataforma que se chama Aprendendo Com Você e consiste em um conjunto de 64 videoaulas sobre informações de finanças, jurídicas, e-commerce, estratégias de marketing, vendas, telecomunicações, fórmula para lançamento de produtos, networking, psicologia da prosperidade, espiritualidade, filosofia, física quântica entre outros conhecimentos.

O Pleno.News conversou com o empresário sobre sua ideia e como foi o início de sua trajetória nos negócios.

Como foi que surgiu a ideia da criação da plataforma?
São videoaulas disponibilizadas em uma plataforma digital de fácil acessibilidade. Como resultado do grande sucesso empresarial da minha marca Code Stock, uma loja virtual de joias e semijoias usadas por muitos artistas e com grande faturamento, muitos empresários e jovens que tinham vontade de empreender começaram a me procurar pelas redes sociais pedindo instruções e dicas. Algumas empresas passaram a pedir consultorias. Em menos de 60 dias realizei 30 consultorias em empresas dos mais diversos segmentos. Percebi que tinha um grande negócio nas mãos, uma oportunidade de negócios e, pensando em ajudar e auxiliar um número maior de jovens empreendedores optei por usar uma ferramenta na internet. Meu propósito é ajudar os outros, e conforme os dias passarem em minha vida, viabilizarei a melhor forma de fazer isso com constância. Tornarei o mundo um lugar melhor. Essa é a ideia

As dicas que você dá são as mesmas que você implantou em seu negócio?
Executei milhares de estratégias e conhecimentos adquiridos através do investimento de milhares de reais em cursos, workshops, imersões online e muito mais. Selecionei os que funcionaram e fizeram mais sentido em minha trajetória, aprimorei os mesmos e criei o projeto.

74% dos jovens brasileiros querem ser empreendedores

Como é ser um empreendedor muito jovem? É preciso de muito dinheiro para criar um negócio próprio?
Orgulho-me de chegar onde cheguei. Mas talvez se me perguntasse isso no início de minha caminhada com 13 anos, aproximadamente, minha resposta seria: “Eu já sou um empreendedor?” (risos) Os maiores projetos de minha vida exigiram mais tempo e determinação do que dinheiro em espécie. Para começar você não precisa de muito dinheiro, porém não podemos esquecer que sem um bom caixa e uma boa equipe financeira você não irá durar. Já conheci pessoas que misturavam a conta pessoal com a empresarial. O resultado? Não duraram nada.

E quem não está familiarizado com o mundo digital, como consegue divulgar o negócio no virtual?
Adquirindo o acesso às videoaulas por apenas R$497,99. Ensinamos tudo isso por lá. Se eu fosse responder essa pergunta com qualidade e infraestrutura, levaria algumas horas para falar tudo.

O empreendedor consegue alavancar o negócio sozinho ou precisa de algum profissional especializado?
O empreendedor não deixa de ser um profissional. Você não precisa saber tudo para ser um bom gestor. Mas precisa saber reconhecer um serviço de excelência. Nesse momento, existem milhares de pessoas se formando em suas faculdades e em seus cursos profissionalizantes prontinhas para trabalharem para nós, empreendedores. Minha dica é: terceirizem.

Leia também1 Quer empreender? Veja cinco lições de como começar
2 Mercado digital: Oportunidades durante a pandemia
3 Empresário agradece governo por crédito na pandemia
4 Rede auxilia mulheres empreendedoras durante crise
5 Sala de aula: como usufruir de ferramentas educacionais online

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.