Leia também:
X Campos Neto: “Desafios do Brasil são sempre ligados ao fiscal”

IBGE suspende concurso após corte no orçamento do Censo

Provas estavam previstas inicialmente para serem aplicadas neste mês de abril

Pleno.News - 06/04/2021 12h03 | atualizado em 06/04/2021 12h23

IBGE abre concurso com mais de 200 mil vagas temporárias Foto: Reprodução

O corte no orçamento do Censo Demográfico fez o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) cancelar a aplicação das provas presenciais objetivas do concurso para as vagas temporárias de recenseador, de agente censitário municipal e de agente censitário supervisor, previstas inicialmente para serem aplicadas neste mês de abril.

Segundo a nota divulgada pelo IBGE nesta terça-feira (6), um novo planejamento para as provas do concurso seria avaliado pelo órgão, dependendo do posicionamento do Ministério da Economia sobre o orçamento para o censo. Realizado a cada dez anos, o Censo Demográfico deveria ter ido a campo em 2020, mas foi adiado para este ano em função da pandemia do novo Coronavírus.

O IBGE recebeu até março as inscrições de um processo seletivo para preencher 204.307 vagas temporárias de recenseadores e agentes censitários para trabalho na organização e na coleta do levantamento censitário. Um concurso anterior tinha sido aberto pelo órgão em 2020, mas acabou sendo cancelado, e o dinheiro das inscrições foi devolvido.

Os contratados pelo novo processo seletivo visitariam todos os cerca de 71 milhões de lares brasileiros entre agosto e outubro deste ano, nos 5.570 municípios do país. O IBGE esperava que mais de dois milhões de pessoas se inscrevessem no processo seletivo, que tinha as provas objetivas presenciais marcadas para 18 de abril, para agentes censitários, e 25 de abril, para os recenseadores.

O IBGE informa ainda que avaliará com o Cebraspe um novo planejamento para aplicação das provas, “a depender de um posicionamento do Ministério da Economia acerca do orçamento do Censo Demográfico”, diz a nota divulgada pelo órgão.

Em meio às restrições orçamentárias, o órgão decidiu que o questionário básico do Censo seria reduzido de 37 perguntas previstas na versão piloto para 26. O questionário mais completo, que é aplicado numa amostra que equivale a 10% dos domicílios, encolheu de 112 para 77 perguntas.

*Estadão

Leia também1 Após corte de 90% no Censo, presidente do IBGE pede pra sair
2 IBGE pede orientações sobre Censo à Economia após corte
3 Senadores aprovam Orçamento por 60 votos a favor e 12 contra
4 Coppolla denuncia que pode ser "censurado, investigado e preso"
5 IBGE abre, nesta quinta-feira, inscrições para 6,5 mil vagas temporárias

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.