Leia também:
X Receita Federal paga 6° lote do IRPF 2019 nesta segunda-feira

Bradesco abre 240 vagas para estágio em 16 estados do Brasil

Oportunidades abrangem diversas áreas do conhecimento

Paulo Moura - 18/11/2019 11h55 | atualizado em 18/11/2019 11h59

Bradesco está com mais de 200 vagas de estágio abertas Foto: Divulgação

O Bradesco está com vagas abertas para o programa de estágio 2020 da instituição. O processo seletivo, cujas inscrições vão até o próximo dia 27 de novembro, vai servir para o preenchimento de 240 vagas em 16 estados. A bolsa estágio vai variar entre R$ 2,4 mil e R$ 3 mil.

O programa tem duração de um dois anos e podem se candidatar estudantes a partir do 3° semestre dos cursos de administração, ciências contábeis, ciência da computação, ciências econômicas, comunicação social, direito, design, economia, engenharias, estatística, matemática, relações internacionais, sistemas de informação ou sociologia.

Entre as oportunidades disponíveis, 198 vagas são para a área de varejo, destas, 40 são para início em dezembro e 158 em fevereiro do próximo ano. Outras 22 oportunidades são para a área de cartões e 20 para o setor de financiamentos, ambas para início em fevereiro de 2020.

Os estados com vagas de estágio são: Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

A carga horária será de seis horas e além da bolsa-auxílio, os estagiários recebem auxílio transporte no valor de R$ 152,00 e seguro de vida. Para se inscrever e ter acesso a todos os detalhes do processo seletivo, basta acessar o site do programa.

Leia também1 Receita Federal paga 6° lote do IRPF 2019 nesta segunda-feira
2 China coloca 100 bilhões de dólares à disposição do Brasil
3 Saiba como funciona o novo cálculo de descontos do INSS

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.