Leia também:
X Após desistência da Boeing, Embraer quer compensação

Embraer abre processo contra Boeing após fim de acordo

Empresa brasileira questiona rompimento de parceria pela companhia americana

Pleno.News - 27/04/2020 11h08 | atualizado em 27/04/2020 11h09

Embraer está processando a Boeing após acordo ser rompido Foto: Reprodução

A Embraer anunciou nesta segunda-feira (27) que abriu um procedimento de arbitragem acerca da rescisão do acordo com a Boeing, feita pela empresa americana no sábado (25).

O fato relevante ao mercado não informa, contudo, se haverá também uma ação judicial em corte brasileira ou americana. A arbitragem é um procedimento semelhante a um processo legal, destinado a resolver pendências entre partes quando um contrato é cancelado. Também não foi informado onde a arbitragem correrá.

No sábado, a Boeing anunciou que cancelaria o acordo pelo qual compraria o controle da linha de jatos comerciais da Embraer por R$ 4,2 bilhões (R$ 23,5 bilhões). O acordo vinha sendo costurado desde 2017 e a americana afirmou que os brasileiros não cumpriram todas as exigências para a separação da área.

A Embraer reagiu duramente, com uma nota acusando a Boeing de ter forçado o fim do contrato e insinuando que a americana assim o fez porque enfrenta grave crise financeira com a paralisação da produção de seu best-seller, o 737 MAX, e por causa da queda de demanda decorrente da crise do coronavírus.

*Folhapress

Leia também1 Após desistência da Boeing, Embraer quer compensação
2 Covid-19 causa cancelamento em massa de voos no mundo
3 Cade aprova compra de parte da Embraer pela Boeing

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.