Leia também:
X Em evento, Paulo Guedes avisa: “Somos liberais, não trouxas”

Petrobras anuncia queda de R$ 0,20 no preço do diesel

Redução valerá a partir desta sexta-feira nas refinarias

Pleno.News - 04/08/2022 13h24 | atualizado em 04/08/2022 13h28

Posto de combustível Foto: José Cruz/Agência Brasil

A Petrobras anunciou que reduzirá o preço do diesel em 3,5% a partir da sexta-feira (5), nas suas refinarias. O litro do combustível teve uma queda de R$ 0,20, passando a custar R$ 5,41, informou a estatal. Sem reajuste há quase 50 dias, o diesel estava sendo negociado em média no Brasil acima do preço internacional.

– Essa redução acompanha a evolução dos preços de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para o diesel, e é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio – informou a empresa em nota.

Em videoconferência com analistas, na semana passada, o diretor de Comercialização e Logística da estatal, Claudio Mastella, havia indicado que ainda observava o movimento de queda do preço do diesel “com cautela”, apesar das “pressões do governo para a redução do preço”.

Segundo a Petrobras, considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 5,05, em média, para R$ 4,87 a cada litro vendido na bomba.

*AE

Leia também1 Em evento, Paulo Guedes avisa: “Somos liberais, não trouxas”
2 Música que exalta o agronegócio incomoda e gera polêmica
3 Copom eleva taxa de juros para 13,75% ao ano após reunião
4 Barroso mantém condenação de policiais do caso Carandiru
5 Projeto que veta "saidinha": Veja quais deputados votaram contra

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.