Leia também:
X Governo planeja benefício mensal para órfãos da Covid-19

Crise hídrica: Aneel estima alta de 5% nas contas de luz em 2022

Declaração foi feita pelo diretor-geral da agência, André Pepitone

Henrique Gimenes - 15/06/2021 14h52 | atualizado em 15/06/2021 16h12

Sede da Aneel em Brasília Foto: Divulgação/Aneel

Nesta terça-feira (15), o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, apontou que as contas de luz no país podem sofrer uma alta de 5% em 2022. De acordo com ele, a estimativa ocorre devido à crise hídrica enfrentada pelo Brasil.

A declaração foi feita durante uma audiência pública na Câmara dos Deputados.

– O número que o Ministério de Minas e Energia tem usado publicamente é que vamos ter um custo adicional de R$ 9 bi [de janeiro a novembro de 2021], até abril já se gastou R$ 4 bi adicionalmente. Isso vai ter impacto adicional na tarifa de 5% [em 2022] – apontou.

O aumento no preço da energia ocorre devido ao fato de o governo precisar acionar as usinas termelétricas para suprir a queda da geração de energia pelas usina hidrelétricas.

Durante a audiência, Pepitone também explicou que os valores estipulados pelas bandeiras tarifárias sofrerão um aumento de 20%. A decisão será divulgada ainda em julho. Ele ressaltou, no entanto, que o reajuste será apenas sobre o valor da taxa extra.

– Não é a tarifa que vai subir 20%. Nós estamos conseguimos fazer com que os aumentos que estão ocorrendo neste ano fiquem na casa de 7%, 7,5%. O que acontece é que todo ano, após período úmido, em abril, a Aneel discute com o valor que será o patamar da bandeira. Neste ano, nós estamos diante da maior crise hídrica que o país vivencia. Nós não temos praticamente água para atender a geração de energia [via hidrelétricas] até novembro. Até lá, teremos que atender com as térmicas e isso tem um custo – destacou.

Leia também1 Doria rebate Bolsonaro e diz querer terminar a 'vacinata'
2 Brasil ganha assento temporário no Conselho da ONU
3 Fachin libera ação do PSDB para forçar Bolsonaro a usar máscara
4 Joice diz não votar em Bolsonaro "nem com arma na cabeça"
5 Bolsonaro sobre passaporte de imunidade: "Se passar, eu veto"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.