Crise argentina é sentida na exportação de carros do Brasil

Vendas para o exterior tem respiro com Colômbia e México

Pleno.News - 06/08/2019 13h22

Crise argentina é sentida na exportação de carros no Brasil Foto: Reprodução

A exportação de veículos brasileiros ainda sente a crise argentina. Entretanto, teve um respiro em julho com vendas para a Colômbia e o México, segundo a Anfavea (associação das montadoras).

– Eles não compensam a queda da Argentina, mas a exportação está ligeiramente acima de junho – disse Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea.

Dos recortes feitos pela associação, as vendas de automóveis em julho para o exterior cresceram apenas na comparação com junho deste ano, com alta de 4,2%. Na relação com julho de 2018, houve uma queda de 15,3%, enquanto o acumulado do ano teve uma retração de 38,4%.

Ainda segundo a associação, a produção de carros e comerciais leves no Brasil apresentou alta de 14,2%, na comparação com o mês anterior.

Entre junho e julho foram 33 mil veículos a mais produzidos. Já na relação com o mesmo mês de 2018, o avanço foi de 8,4%. O acréscimo foi de 20,8 mil automóveis neste ano.

– Tivemos um mês bom, influenciado por três dias úteis a mais. E no acumulado do ano vemos uma melhora no índice de produção – disse Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea.

*Folhapress

LEIA TAMBÉM+ IR 2019: Consulta ao 3º lote deve iniciar quinta-feira
+ O que muda na Previdência após aprovação na comissão?
+ Governo adianta parte do 13º a aposentados e pensionistas
+ Caixa abrirá aos sábados para saques do FGTS e do PIS


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo