Leia também:
X Banco Central diminui juros do cheque especial para 8%

‘Caixa Econômica teve o maior lucro da história em 2019’

Afirmação foi feita pelo presidente do banco, Pedro Guimarães

Henrique Gimenes - 02/01/2020 14h46 | atualizado em 02/01/2020 14h47

Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães Foto: Agência Brasil/Valter Campanato

Nesta quinta-feira (2), o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, afirmou que o banco teve o maior lucro de sua história em 2019. De acordo com ele, o resultado foi atingido mesmo com a política de redução de juros.

Apesar do otimismo, Guimarães informou que o número final só será revelado em fevereiro.

– Nossa preocupação não é só prestar um serviço de qualidade, que é fundamental, mas reduzir as taxas para as pessoas em geral, e nós terminamos 2019, mas só anunciamos em fevereiro, com um resultado recorde em termos de lucro (…) Não posso colocar o número, até porque o número não fechou, mas será o maior lucro da história da Caixa. Então a gente mostra matematicamente que pode reduzir os juros e pode ser lucrativo ao mesmo tempo- apontou.

O presidente da Caixa explicou ainda que a instituição ganhou mais de 1 milhão de clientes nos últimos seis meses e que pretende continuar repassando qualquer redução nas taxas de juros aos correntistas.

– Qualquer redução no Banco Central implica em redução tanto no cheque especial, quanto no rotativo do cartão, no CDC e no crédito imobiliário (…) Quanto menor a taxa Selic, menor o custo de funding do banco e, por consequência, nós na Caixa Econômica Federal, vamos repassar parte disso para os clientes, para a sociedade, porque isso é uma política que nós estamos fazendo e já ganhamos mais de 1 milhão de clientes nesses últimos seis meses, desde que nós começamos a reduzir os juros – destacou.

Leia também1 Banco Central diminui juros do cheque especial para 8%
2 Valor do DPVAT para 2020 tem queda de até 86%. Veja tabela

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.