Leia também:
X Bolsonaro elogia economia do Brasil durante pandemia

Black Friday: Reclamações sobem 45% nas primeiras horas

Maioria dos problemas são relacionados a propaganda enganosa

Pleno.News - 27/11/2020 11h38 | atualizado em 27/11/2020 11h39

Média é de 115 reclamações por hora Foto: Pixabay

O site Reclame Aqui já registrou 4.850 reclamações na Black Friday, desde o início do monitoramento na última quarta-feira (25), até as 6 horas desta sexta-feira (27). De acordo com a plataforma, o volume é 45% maior que o mesmo período do ano passado, com média de 115 reclamações por hora.

– Durante a madrugada foram registradas poucas reclamações, o que vem ao encontro do que os consumidores afirmaram na pesquisa de pré-Black Friday realizada pelo Reclame Aqui, onde cerca de 30% dos consumidores disseram que aproveitariam para comprar a partir das 18h de quinta-feira, e não o horário da madrugada – fala o site, em nota.

O marketplace das Lojas Americanas lideram as reclamações neste primeiro balanço, com 249 entradas no site, seguida por Kabum (164), Magazine Luíza (138), Casas Bahia (127), Submarino (117), Ame Digital (112), Lojas Renner (103), Lojas Americanas Online (100), Riachuelo (97) e Mercado Livre (68).

Os maiores problemas são relacionados a propaganda enganosa, com 28,17% das reclamações.

*Estadão

Leia também1 Fuja do golpe do boleto falso com estas 6 dicas de especialistas
2 Procon-RJ publica lista de sites de vendas não recomendados
3 Alerta: Os dez golpes mais comuns durante a Black Friday
4 Pandemia: Energia, telefonia e bancos lideram reclamações
5 Alerta: Saiba como se proteger do 'golpe do entregador'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.