Leia também:
X Governo irá prorrogar corte de jornada e salário até dezembro

Coca-Cola: Sede regional mudará da Argentina para o Brasil

Mudança faz parte de uma reestruturação da companhia

Ana Luiza Menezes - 01/10/2020 18h06

Coca-Cola passou comando da empresa na América Latina para o Brasil Foto: Pexels

A coordenação das filiais da Coca-Cola no Chile, Uruguai, Bolívia, Peru e Paraguai será transferida da Argentina para o Brasil. A mudança faz parte de uma reestruturação da companhia, que optou por passar suas operações na América Latina para o Brasil.

A decisão mudará a sede regional latino-americana em Buenos Aires para o Rio de Janeiro, segundo informações do jornal Valor Econômico.

– Na América Latina, a reorganização contempla a criação de três novas zonas geográficas que trabalharão em estreita colaboração com as equipes de liderança globais. A Argentina se integrará na nova estrutura para o sul da região, que inclui também Brasil, Paraguai, Uruguai, Chile e Bolívia – informou a empresa, por meio de uma nota.

A companhia explicou que a reestruturação é corporativa, sem relação com as fábricas. Na Argentina, a Coca-Cola tem 11 fábricas, com mais de 12 mil funcionários.

A partir de janeiro, a Argentina integrará a nova estrutura o sul da região, que também inclui Brasil, Paraguai, Uruguai, Chile e Bolívia.

O jornal Clarín apontou que a reestruturação pode gerar um enxugamento da empresa na Argentina. Após a Coca-Cola ter lançado um plano de aposentadoria voluntária em países como Estados Unidos, Canadá e Porto Rico, existe a possibilidade de o programa se estender aos argentinos.

Leia também1 Governo irá prorrogar corte de jornada e salário até dezembro
2 Jovem de 22 anos lança curso para quem deseja empreender
3 'Há boatos de acordo entre Maia e esquerda contra privatizações'
4 Resultado positivo! Brasil cria 249 mil empregos em agosto
5 Após 'fique em casa', Brasil tem recorde de desemprego

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.