Leia também:
X Hamilton Mourão afirma que “trocas na PF são normais”

“Brasil tem tudo que o investidor quer”, diz ministro

Tarcísio de Freitas, comemorou o resultado da 6ª rodada de concessão de aeroportos

Pleno.News - 07/04/2021 13h48 | atualizado em 07/04/2021 17h23

Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas Foto: Reprodução/TV Globo

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, comemorou o resultado da 6ª rodada de concessão de aeroportos nesta quarta-feira (7). Os 3 blocos leiloados receberam mais de uma proposta, com altos níveis de ágio (diferença na cotação das moedas de diferentes países). A Companhia de Participações em Concessões, do grupo CCR, levou os blocos Sul e Central, por R$ 2,1 bilhões e R$ 754 milhões, respectivamente. A Vinci Airports levou o bloco Norte por R$ 420 milhões.

– O Brasil tem tudo o que o investidor quer e tem oferecido bons projetos – disse o ministro após o leilão.

Tarcísio acrescentou que o Brasil precisa aproveitar a “liquidez no mundo” e sair à frente, oferecendo bons projetos.

– O Brasil respeita contratos, e infraestrutura vai ser a alavanca do país – declarou o ministro.

Tarcísio de Freitas lembrou que serão oferecidos, nesta semana, 28 projetos na chamada Infra Week. “E teremos 28 sucessos.”

Foram leiloados 22 aeroportos em contratos de 30 anos. Os ágios chegaram a 9.156%, no caso do Bloco Central. Outros blocos também tiveram propostas com ágios altos.

– Estamos ampliando a nossa capacidade na região, com forte interesse em expandir o trabalho feito até agora – disse, na cerimônia do leilão, o presidente da Vinci Airports, Nicolás Notebaert.

O ágio do bloco Norte foi de 777%.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.