Leia também:
X Cade nega recurso da Globo para retomar ‘bônus de publicidade’

Brasil é o único país latino em importante ranking econômico

Consultoria norte-americana publicou lista que abrange 25 países, incluindo o Brasil

Monique Mello - 22/12/2020 15h59 | atualizado em 22/12/2020 16h27

A reforma da previdência e as privatizações devem estimular o crescimento da economia
A Reforma da Previdência e as privatizações devem estimular o crescimento da economia Foto: Pixabay

Nesta segunda-feira (21), o Pleno.News publicou uma matéria especial sobre os 24 meses do governo Bolsonaro e suas conquistas. Dentre elas, um dos destaques é o retorno do Brasil para o ranking dos 25 países mais confiáveis para o investimento estrangeiro, ocupando a 22ª posição.

O Índice de Confiança do Investimento Estrangeiro Direto (IED) é uma pesquisa realizada anualmente, desde 1988, com executivos das 500 maiores empresas do mundo. As colocações são definidas com base em estudos sobre probabilidade de as empresas em análise fazerem um investimento direto em um mercado nos próximos três anos. A pontuação vai de 1 a 3. O Brasil somou 1,65.

A consultoria norte-americana A.T. Kearney publicou a pesquisa este ano e apontou que, em 2019, o Brasil havia ficado de fora da lista.

– A aprovação da Reforma da Previdência e os esforços do governo para ampliar as privatizações que devem estimular o crescimento da economia foram os fatores que impulsionaram a percepção positiva para investimento no país – diz o relatório da A.T. Kearney.

Pelo oitavo ano consecutivo, os EUA lideram o ranking. Completam o top cinco Canadá, Alemanha, Japão e França, respectivamente.

A aprovação da Reforma da Previdência e os esforços do governo para ampliar as privatizações foram os fatores que impulsionaram a percepção positiva para investimento no país

A consultoria define investimento estrangeiro direto como aplicação de capital por parte de uma empresa estrangeira em uma empresa em um país diferente. É o mesmo conceito definido pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad), de que se trata de um investimento que envolve um relacionamento de longo prazo e reflete um interesse e controle duradouros por uma entidade residente em uma economia (investidor direto estrangeiro ou empresa-mãe) de uma empresa residente em outra economia (IDE), empresa, afiliada à empresa ou afiliada estrangeira).

Confira a lista completa com os 25 países neste link.

Leia também1 Flavio Bolsonaro deixa cargo na Mesa Diretora do Senado
2 STF: Moraes é definido relator de ação a favor de 'juiz de garantias'
3 Governo Bolsonaro: Relembre os feitos e conquistas em 24 meses
4 Bolsonaro garante continuidade de Guedes até o fim do mandato
5 Veja as 10 maiores polêmicas do STF em 2020

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.