Leia também:
X IBGE abre inscrições de processo seletivo para o Censo de 2021

Banco suíço recomenda a compra de ações da Petrobras

A investidores, UBS apontou reação "exagerada" do mercado ao "fluxo de notícias" sobre a troca do presidente da empresa

Pleno.News - 23/02/2021 15h50 | atualizado em 23/02/2021 17h39

Banco suíço recomenda compra de ações da Petrobras Foto: Agência Petrobras/Stéferson Faria

Após o presidente Jair Bolsonaro indicar um novo nome para a presidência da Petrobras, setores da imprensa brasileira e do mercado financeiro entraram “em alvoroço”. Apesar das variações nas ações da empresa, o banco suíço UBS realizou uma análise, nesta segunda-feira (22), e recomendou, em comunicado a investidores, a compra dos papéis da petrolífera brasileira. A informação foi dada pelo site Poder 360.

Em sua análise, que pode ser vista aqui, o banco apontou uma reação “exagerada” do mercado devido ao “fluxo de notícias”. Apesar da queda de 21% no valor das ações da Petrobras nesta segunda, os papéis da empresa recuperaram parte das perdas nesta terça-feira (23).

O UBS disse achar que o desempenho dos papéis “é descomedido e uma reação exagerada ao fluxo de notícias recentes”. Para o banco, a Petrobras está “muito próxima da paridade na importação de combustível” e “mais protegida de uma perspectiva de governança do que antes”.

A instituição também disse considerar que “assombrações do passado”, em referência à gestão da empresa nos governos do PT, estariam “afetando as percepções dos investidores”. Apesar disso, o banco lembrou que “a estrutura regulatória atual da Petrobras é muito diferente em comparação com há 5 a 10 anos”. Por fim, a instituição também falou sobre a reação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre a medida.

A troca no comando da empresa ocorreu após a Petrobras decidir por um novo reajuste nos combustíveis. Em transmissão ao vivo pelas redes sociais na quinta-feira (18), Bolsonaro chegou a criticar o aumento e prometeu mudanças na empresa. Na sexta-feira (19), ele indicou o general Joaquim Silva e Luna para o lugar de Roberto Castello Branco.

A troca do presidente da Petrobras deve ser confirmada nesta terça, após decisão do conselho de administração da empresa.

Leia também1 Juiz dá 72 horas para Bolsonaro explicar troca na Petrobras
2 Bolsonaro reclama de home office do presidente da Petrobras
3 Bolsonaro: "Vamos meter o dedo na energia elétrica"
4 Silva e Luna diz que pretende "ouvir muito" Paulo Guedes
5 Bolsonaro fala em 'covardia' com reajuste dos combustíveis

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.