Leia também:
X Lira defende fim da taxação excessiva de bens e serviços

Após o McDonald’s, Starbucks diz que também deixará a Rússia

Empresa anunciou que encerrará permanentemente as operações em suas 130 lojas no país

Pleno.News - 23/05/2022 12h01 | atualizado em 23/05/2022 12h29

Starbucks deixará a Rússia Foto: Pixabay

A Starbucks afirmou, nesta segunda-feira (23), que vai fechar seus negócios na Rússia, em resposta à guerra na Ucrânia. A decisão põe fim à sua presença, após 15 anos no mercado. A empresa do ramo de cafeterias, que suspendeu seus negócios no país no dia 8 de março, anunciou nesta segunda que encerrará permanentemente as operações em suas 130 lojas.

Os quase 2 mil funcionários na Rússia continuarão sendo pagos por seis meses e receberão ajuda para encontrar novos empregos fora da rede, segundo a Starbucks. A empresa se recusou a comentar sobre o impacto financeiro do fechamento de seu mercado russo, que responde por uma parcela relativamente pequena de suas vendas.

A decisão acompanha o movimento de outras empresas, como o McDonald’s, que encerrou mais de três décadas de negócios na Rússia. A montadora francesa Renault também decidiu ceder sua participação de 68% na maior montadora da Rússia, a AvtoVAZ, para uma entidade estatal. A petrolífera Shell PLC também está entre os negócios que encerrarão suas atividades no país.

*AE

Leia também1 Aluguel da atual casa de Lula foi anunciado por mais de R$ 20 mil
2 Prefeito de Pedro Juan Caballero é morto após atentado a tiros
3 Unânime, STF decide manter liberdade condicional de Maluf
4 Biden: Se China invadir Taiwan, EUA irão interferir militarmente
5 Filha de Paulo Cupertino: "Não é fácil ser filha de um assassino"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.