Veja a real história dos 22 missionários sequestrados

Informações de que religiosos seriam mortos por afegãos circulam na internet há anos

Pleno.News - 06/05/2019 13h25

Fake news sobre sequestro de missionários existe desde 2007 Foto: Pixabay

“Por favor, vamos orar pelos 22 missionários que foram condenados à morte. Um deles é nosso irmão Fabio Schuartz, missionário da cidade de Niterói RJ, que será morto amanhã por afegãos islâmicos. Tentem não demorar e passar essa mensagem bem rápido para que muitas pessoas estejam orando também.
Pastor Márcio da Batista de Niterói postou pedindo oração. E também que cada um repasse para mais pessoas orarem.
Não importa a religião de cada um, oremos pelo ser humano que está no campo levando a Palavra do SENHOR, obrigado!!!”

Você provavelmente já deve ter recebido essa mensagem em seu WhatsApp, principalmente se for cristão. A notícia de que missionários serão mortos por afegãos islâmicos circula na internet há alguns anos e muitos usuários acreditam nas informações contidas no pequeno texto, que é repassado em forma de corrente. Porém, a história toda é falsa. Ou seja, trata-se de uma fake news. O Pleno.News esclarece o boato. Confira:

Para começar, no texto, a referência ao tempo é marcada com a palavra “amanhã”, ou seja, não é mencionada uma data exata. Sendo assim, o “amanhã” pode ser em qualquer dia. O internauta também deve desconfiar quando na mensagem estiver escrito “repasse”. Essa é uma técnica utilizada para disseminar falsas informações.

Segundo o portal Boatos.Org, esta falsa informação sobre os 22 missionários já havia sido publicada em inglês. O site Snope foi um dos responsáveis por desmentir a história e, segundo eles, a fake news começou em 2007. Na época, 23 missionários sul-coreanos foram sequestrados pelo Talibã. Dentre eles, dois morreram e os outros foram libertos após um pagamento de fiança. Além desse caso, nunca mais foram registradas situações iguais a essa.

LEIA TAMBÉM+ O que é a barrinha colorida na caixa de leite? Entenda!
+ Maria Bethânia disse que queria "voar junto" de Lula?
+ Fake News! WhatsApp não terá botão de chamar atenção


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo