Leia também:
X Ator Duda Nagle vai a público para dizer que não morreu

‘Petista’ não comprou carro de luxo antes de vencer na loteria

Notícia falsa tenta passar a ideia de que assessor do partido sabia de fraude na Mega-Sena

Henrique Gimenes - 20/09/2019 21h31

Assessor do PT não comprou carro de luxo antes de vencer na loteria Foto: Fotos Públicas/Rafael Neddermeyer

Após um grupo de assessores do Partido dos Trabalhadores (PT) ganhar na loteria, novos boatos passaram a surgir nas redes sociais. Um deles afirma que um assessor do partido teria comprado um carro de luxo no valor de R$ 650 mil três dias antes de acertar os números da Mega-Sena. A notícia, que começou a circular pelas redes sociais, é falsa.

A fake news diz que o assessor se chama Miquéias Mendonça e tem 51 anos de idade. Pelo PT, ele recebe um salário de R$ 3 mil. No entanto, não há nenhum servidor com esse nome na lista de funcionários da liderança do partido.

A intenção da notícia seria a de passar a impressão de que o sorteio foi fraudado. Além do texto, a notícia ainda traz a foto de uma pessoa identificada como Miquéias. Porém, a pessoa presente na foto é o ex-empresário Marcelo Sixto Scheavenin, preso em abril de 2019 acusado de comercializar automóveis de luxo e não repassar os valores obtidos com a venda aos donos dos veículos.

É falso

Leia também1 Além de bolão, outra assessora do PT ganha prêmio da loteria
2 Assessores do PT ganham Mega-Sena de R$ 120 milhões

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.