Leia também:
X Crise de identidade? PT troca o vermelho por verde e amarelo

O que é verdade nas eleições? Veja 10 fake news verificadas

Camiseta contra nordestinos, fraude nas urnas e frases de vices

Camille Dornelles - 11/10/2018 11h11 | atualizado em 03/05/2019 16h02

Fake news prejudicam decisões conscientes dos eleitores Arte: Pleno.News

Assim como as eleições presidenciais dos Estados Unidos de 2016, o atual período eleitoral brasileiro tem sido marcado pela presença de fake news e mensagens falsas. Elas costumam ser facilmente desmascaradas, mas, até que isso aconteça, já foram distribuídas a um grande número de pessoas através das redes sociais.

A disseminação das fake news prejudica a tomada de decisão consciente dos eleitores. Para esclarecer algumas delas, o Pleno.News escolheu dez mensagens falsas disseminadas neste mês.

1. CAMISETA DE FLÁVIO BOLSONARO CONTRA NORDESTINOS
Uma imagem mostra o filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) usando uma camisa polo que diz “movimento nordestinos voltem para casa. O Rio não é lugar para jegue”. A imagem, porém, é falsa. A camisa é lisa e tinha apenas um adesivo com o número 20.

Camiseta de Flávio Bolsonaro Arte: Pleno.News

2. VOTO NA URNA MANIPULADO PARA O PT
O vídeo de uma urna manipulada foi um dos mais alarmantes. Disseminado no domingo das eleições de primeiro turno, ele colocou muitas pessoas em alerta. No vídeo, um eleitor clica no número 1 e, antes de teclar o próximo dígito, já aparece a foto de Fernando Haddad (PT), cujo número é 13.

O vídeo, no entanto, foi manipulado. O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais chegou a divulgar um vídeo explicando como foi feito o vídeo.

3. VOTO EM BOLSONARO APARECE COMO NULO
Mais um vídeo que tentou disseminar ideias de fraudes nas urnas foi aquele que mostrava um eleitor votando no número 17 e o voto aparecia como nulo. O vídeo não foi manipulado, mas sim o contexto.

A gravação foi feita de uma urna do Rio Grande do Norte e o momento era para votação a governador. No estado não havia nenhum candidato sob o número 17 e, por isso, o voto aparece como nulo.

No vídeo fica visível a frase na tela da urna eletrônica: “seu voto para governador(a)”. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulga os números dos candidatos para cada estado.

Vídeo de urna que mostra voto em Bolsonaro como nulo é falso Foto: Reprodução

4. AFIRMAÇÃO DE GENERAL MOURÃO
Uma imagem que reproduz a manchete “Mourão também propõe confisco da poupança” é falsa. A foto, que seria um print do portal Folha de S. Paulo, foi disseminada pelo Blog da Cidadania. Mas o título da matéria foi trocado.

O correto é “Mourão propõe renegociar os juros da dívida do governo”. A matéria foi publicada no portal do veículo no dia 27 de setembro.

Afirmação de General Mourão é falsa Foto: Reprodução

5. AGRESSÃO DE PETISTAS CONTRA DEFENSOR DE BOLSONARO
Uma imagem de um grupo de petistas agredindo a chutes um defensor de Bolsonaro é falsa. A foto realmente mostra um grupo com camisas do PT, mas o agredido não é um eleitor do PSL. A imagem foi tirada pelo fotógrafo Antonio Lacerda, da Agência EFE.

A foto foi tirada em fevereiro de 2015 no centro do Rio de Janeiro. Os petistas integravam um ato promovido pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) em defesa da Petrobras. O agredido é um homem que tentava boicotar o evento.

6. AFIRMAÇÃO DE BOLSONARO
Uma imagem atribui a Jair Bolsonaro a frase “um paciente com câncer custa muito caro para o Estado, vamos cortar essa farra”. A imagem ainda diz que a afirmação foi dada durante uma entrevista para a Folha de S. Paulo.

A agência de fact-checking Lupa estudou o caso e afirmou que não há registrou nem no banco da Folha de S. Paulo e nem em nenhum outro site sobre afirmações de Bolsonaro a respeito de pacientes com câncer.

– A última entrevista exclusiva publicada pela Folha com Bolsonaro foi feita no dia 13 de janeiro deste ano e versou sobre o uso do auxílio-moradia pago pela Câmara dos Deputados. Na véspera da votação de primeiro turno, a Folha de S.Paulo publicou um compilado com as 11 frases mais polêmicas da carreira de Bolsonaro. E a frase sobre pacientes com câncer não apareceu na lista. Sendo assim, a Lupa classifica a imagem analisada como sendo “falsa” – explicou Cristina Tardáguila, da agência.

Afirmação de Bolsonaro é falsa Foto: Reprodução

7. CAMISETA DE MANUELA D’ÁVILA
A própria candidata esclareceu esta montagem. Pelo Twitter, ela comparou a foto original com a manipulada. Onde se lê “Jesus é travesti” na verdade a frase correta diz “rebele-se”.

8. BOLETIM DA URNA QUE MOSTRA 9 MIL VOTOS PARA HADDAD
A foto de um recibo de uma urna eletrônica foi altamente disseminado após as eleições do último 7 afirmando haver fraudes em benefício de Fernando Haddad (PT). A imagem mostra o petista com 9909 votos em um pleito que teve apenas 777 eleitores. No entanto, ela é falsa.

O número real de votos para Haddad foi 9. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o boletim original e uma nota de esclarecimento.

– A imagem fornecida não corresponde ao Boletim de Urna real. Boletins de Urna regulares não exibem nomes de candidatos que não receberam votos, ao contrário do que o que a imagem que circula nas redes faz supor. Além disso, pode-se perceber que partes da fotografia exibem borrões, como no caso do dígito zero mais à direita junto aos nomes dos candidatos Geraldo Alckmin e Jair Bolsonaro – diz a nota.

Boletim de urna é falso Arte: Pleno.News

9. AFIRMAÇÃO DE MANUELA D’ÁVILA SOBRE CRISTIANISMO
É falsa uma imagem que atribui a Manuela D’Ávila, vice de Haddad (PT), a frase “o cristianismo vai desaparecer. Vai diminuir e encolher (…) Nós, (sic) somos mais populares do que Jesus nesse momento”.

Apesar de a frase realmente existir, ela não é de Manuela D’Ávila ou de nenhum brasileiro. Seu autor, na verdade, é John Lennon, guitarrista e vocalista da banda inglesa The Beatles. A alegação foi feita em março de 1966 ao jornal The Evening Standard.

Frase de Manuela D’Ávila é falsa Foto: Reprodução

10. FRASE DE FLÁVIO BOLSONARO SOBRE ASSASSINATO DE FILHO GAY
A frase “Se um pai tira a vida de um filho gay, é uma questão familiar. Não acho que o Estado deva se intrometer ou julgar a atitude de um pai desesperado” nunca foi dita por Flávio Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

A agência Lupa verificou a ocorrência e constatou que não há registros da afirmação a nenhum veículo de comunicação, evento ou rede social. A imagem foi constatada como uma montagem. O chefe de gabinete do senador, Miguel Ângelo Braga Grillo, emitiu uma nota reafirmando que o fato é mentira.

– Flávio jamais teria esse tipo de postura. Triste que alguém possa levar tamanho absurdo a sério! – declarou Grillo.

Frase de Flávio Bolsonaro é falsa Foto: Reprodução

Leia também1 "Crença é pior que fake news", dizem artistas no Queermuseu
2 Carlos Bolsonaro acusa João Amoêdo de divulgar fake news
3 Saúde Sem Fake News ajuda na campanha de vacinação

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.