MC Poze do Rodo não morreu por ter xingado Bolsonaro

Mensagens falsas afirmam que funkeiro foi baleado por críticas ao presidente

Camille Dornelles - 07/02/2020 10h46

MC Poze do Rodo não foi baleado e morto por xingar Bolsonaro Foto: Reprodução

O cantor de funk conhecido como MC Poze do Rodo, nome artístico de Marlon Couto Silva, de 21 anos, foi alvo de uma notícia falsa em circulação nas redes sociais. Uma publicação afirma que o artista foi baleado e morto após fazer xingamentos ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

A mensagem falsa traz um vídeo no qual o funkeiro xinga o presidente e depois outro vídeo que mostra um homem sendo baleado à queima-roupa com diversos disparos. O baleado é identificado como o MC pela semelhança das roupas que usa.

O vídeo tem imagens fortes e deixou os fãs do cantor muito preocupados, mas logo foi constatado que se passava de uma mentira.

A última foto publicada pelo funkeiro em sua rede social foi sobre o aniversário de uma fã na qual esteve. Ele se encontrou com a fã por acaso enquanto passeava com a filha em um parque de diversões no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (6).

Publicação de MC Poze do Rodo Foto: Reprodução

LEIA TAMBÉM+ Alerta: Coronavírus provoca onda de notícias falsas
+ Médicos não receitaram sucos e chás contra o coronavírus
+ Bebê não nasceu morto e voltou à vida ao ouvir louvor


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo