CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Bolsonaro diz que atos contra governo são de “marginais”

Governo não retirou recursos do Bolsa Família para a Secom

Ministério da Economia garantiu que o pagamento às famílias carentes está garantido

Rafael Ramos - 05/06/2020 12h45 | atualizado em 05/06/2020 13h03

Dinheiro do Bolsa Família segue garantido pelo governo Foto: Reprodução

Através de nota oficial, o governo federal negou que esteja transferindo recursos do Bolsa Família, no valor de R$ 83 milhões, para ações da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom). De acordo com o Ministério da Economia, o pagamento às famílias carentes está garantido.

– Aliás, não só garantido, o apoio do Governo Federal a estas famílias neste momento de crise foi ampliado. A grande maioria dos beneficiários do programa Bolsa Família optou por receber o auxílio emergencial de R$ 600 pagos durante a pandemia do coronavírus porque é maior que o valor do Bolsa Família. Não é possível acumular os dois benefícios, conforme determina a lei e esta opção das famílias pelo auxílio emergencial tem outra fonte de financiamento, vem de uma fonte extraordinária, também aprovada por lei – diz a nota.

O governo explicou que houve “um remanejamento contábil de um órgão para outro, sem prejuízo de atender a política pública do Ministério da Cidadania e menos ainda para o programa Bolsa Família”. A nota ainda informa que “os beneficiários sabem que estão sendo atendidos”.

– Jamais prejudicaríamos qualquer cidadão brasileiro com redirecionamentos inadequados de recursos. Isso seria uma irresponsabilidade, a qual não estamos dispostos de maneira nenhuma a fazer. Os recursos orçamentários transferidos de uma rubrica de um programa de governo para outro é ajuste rotineiro no âmbito da gestão econômica do País.

Ao final, o governo acusou parte da mídia de tentar jogar a opinião pública e a população contra o presidente Jair Bolsonaro, “com o objetivo de desgastar sua imagem e lhe imputar atitudes que não correspondem à realidade”.

Leia também1 Bolsonaro diz que atos contra governo são de "marginais"
2 Itaú ressarcirá 4,7 milhões de clientes por tarifas indevidas
3 Bolsonaro sugere uso da Força Nacional nos atos de domingo
4 Bolsonaro vai fazer live com pastores em oração pelo Brasil
5 Bolsonaro inaugura primeiro hospital de campanha federal

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo