General Heleno pediu prisão de Paulo Henrique Amorim?

Entenda como surgiu o boato envolvendo o ministro e o apresentador da Record

Pleno.News - 02/07/2019 14h39

General August Heleno Foto: Reprodução

“General Augusto Heleno pede a prisão do jornalista da Record Paulo Henrique Amorim, por ameaça de morte ao presidente Bolsonaro”.

A mensagem acima foi publicada por uma página no Facebook afirmando que general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), havia pedido a prisão do jornalista Paulo Henrique Amorim. Porém, a informação é falsa. O boato teve centenas de compartilhamentos e a assessoria do GSI afirmou que a notícia era uma “fake news das grandes”.

Paulo Henrique Amorim Foto: Reprodução

O boato surgiu depois que o apresentador Paulo Henrique Amorim publicou um vídeo no Instagram questionando o time de futebol do presidente Jair Bolsonaro. Em seguida, o jornalista cantou um trecho do hino do Flamengo (uma vez Flamengo, Flamengo até morrer) e finalizou com a palavra breve, o que seria a ameaça.

O deputado Otoni de Paula (PSC-RJ) entendeu como ameaça e disse, em uma sessão na câmara, que entrou com um comunicado de suposta prática de crime contra a vida do presidente Jair Bolsonaro na Procuradoria-Geral da República (PGR) e na Polícia Federal (PF).

A mensagem compartilhada por uma página no FacebookA assessoria de imprensa da PF informou, por telefone, à agência de verificação Lupa, que não se manifesta sobre a existência ou não de investigações em curso.

LEIA TAMBÉM+ Mulher levou cartaz "Moro é bom pra burro" em passeata?
+ Militar preso por transportar cocaína não é filiado ao PSL
+ É fake que Dallagnol e Moro tenham xingado Bolsonaro


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo