Leia também:
X Covid: Testes com vacinas não foram cancelados após mortes

É fake que Papa Francisco quer substituir a Bíblia por novo livro

Texto de 2018 voltou a ser compartilhado nas redes sociais

Pierre Borges - 10/11/2020 14h54 | atualizado em 10/11/2020 17h11

Papa FranciscoApós declarações polêmicas sobre união civil homossexual, voltou a circular nas redes sociais um texto afirmando que o Papa Francisco teria cancelado a Bíblia e proposto um novo livro, intitulado “Bíblia 2000”. Segundo o texto, o Papa estaria querendo “reescrever a Palavra de Deus, mesmo que seja apenas o Velho Testamento”.

O boato começou a se espalhar em 2018, a partir de uma matéria em inglês do site There Is News (há notícias, em português). O site, porém, embora siga o formato jornalístico de layout e escrita, não é um portal da imprensa, mas sim de humor.

Logo do site There Is News Imagem: Reprodução

No topo do site, junto ao nome do mesmo, consta o slogan “not real, but so funny”, que em português, considerando a frase completa, traduz-se como “Há notícias. Não verdadeiras, mas muito engraçadas”.

Após a publicação do texto humorístico, seu conteúdo foi sendo acrescentado com outras informações falsas e veiculado no Facebook e WhatsApp. Segundo a mensagem modificada, o Canadá teria legalizado a bestialidade (sexo com animais), o adultério seria permitido na África do Sul, a Alemanha teria legalizado o incesto (casamento entre pessoas da mesma família), além de outras notícias que, assim como o restante do conteúdo da mensagem, são falsas.

Leia também1 É fake que termômetro infravermelho causa dano
2 Causa da morte de voluntário da Coronavac teria sido suicídio
3 Carlos B. denuncia "fake news descarada" de deputada do PSOL
4 O que diz a comunidade chinesa sobre a Covid e a pandemia?
5 Assassino de Rafael Miguel já passou por 7 cidades diferentes

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.