Leia também:
X CE prorroga isolamento e uso de máscara vira obrigatório

Caixões não foram enterrados vazios em BH e Manaus

Mensagens dizem que governadores estão tentando falsificar número de óbitos por Covid-19

Rafael Ramos - 05/05/2020 14h26 | atualizado em 05/05/2020 14h48

Imagem de caixão com travesseiro não é do Amazonas Foto: Reprodução

Diversas notícias falsas acerca do coronavírus, de métodos de prevenção ou alternativas de cura têm circulado nas redes sociais e aplicativos de mensagens durante esse período de quarentena. A mais recente fake news que têm sido compartilhada traz uma denúncia de que governadores estão ordenando que caixões vazios sejam enterrados para assim aumentar o número de óbitos pela pandemia.

Uma das imagens seria atribuída ao Amazonas, que é um dos cinco estados brasileiros com o maior número de infectados. Uma delas mostra um caixão vazio com um travesseiro, mas a foto é de 2017 e se refere a uma investigação sobre um golpe de seguro de vida que aconteceu na cidade paulista de São Carlos.

Outra mensagem é associada à cidade mineira de Belo Horizonte. Um texto compartilhado no Facebook diz que diversos caixões no cemitério de BH foram desenterrados e, no lugar de corpos, foram achados pedras e papelão. Em resposta, a Prefeitura da capital mineira negou o caso e ressaltou que cada cemitério realiza sepultamentos de mortos por Covid-19 de acordo com as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde.

Leia também1 Advogado de Bolsonaro diz que Moro mentiu 'e sabe disso'
2 Malafaia desmente a Veja e acusa imprensa de fake news
3 Rogéria Bolsonaro desmente O Globo sobre ser vice-prefeita

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.