Bolsonaro não anunciou fim das cotas em universidades

Vídeo com notícia falsa foi disseminado por grupos de oposição

Pleno.News - 02/08/2019 12h27

Presidente Jair Bolsonaro fala com a imprensa na saída do Alvorada Foto: Agência Brasil/Antônio Cruz

Um vídeo publicado no YouTube na semana passada divulgou uma informação distorcida sobre cotas. Ele foi publicado pelo canal Jacaré de Tanga e afirma que o presidente Jair Bolsonaro resolveu acabar com as cotas sociais e raciais das universidades federais depois de saber sobre cotas a transexuais e travestis.

O vídeo afirma que a decisão do presidente partiu de uma denúncia feita pelo deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) sobre as cotas a trans da Universidade da Integração da Lusofonia Afro-Brasileira.

A denúncia foi feita no dia 11 de julho, durante um café da manhã do presidente com integrantes da Frente Parlamentar Evangélica. Na reunião, Bolsonaro afirmou que o caso seria passado para o Ministério da Educação.

No dia 16, o governo federal cancelou a restrição deste vestibular, mas não todas as cotas públicas.

LEIA TAMBÉM+ Veja 10 'fake news' envolvendo o presidente Jair Bolsonaro
+ Governo não retirou insulina da rede pública
+ Em rede social, Bolsonaro rebate matéria do Estadão


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo