Leia também:
X Record não autoriza participação de Xuxa no ‘Caldeirão do Huck’

Ator sofreu de demência nos últimos meses de vida, diz viúva

Micheline Roquebrune contou que Sean Connery "ultimamente, era incapaz de se expressar por si só"

Pleno.News - 01/11/2020 16h54 | atualizado em 01/11/2020 17h00

Sean Connery Foto: EFE/EPA/PETER FOLEY

O ator escocês Sean Connery, que morreu no sábado (31), aos 90 anos, sofreu de demência senil nos últimos meses de vida e morreu em casa, tranquilo e na convivência da família, revelou a viúva, Micheline Roquebrune, em entrevista publicada neste domingo pelo jornal Daily Mail.

– Pelo menos, morreu enquanto dormia e foi muito pacífico. Estive com ele durante todo o tempo, e simplesmente ele se foi. Era o que ele queria: ir sem fazer barulho. Não era vida para ele. Ultimamente, era incapaz de se expressar por si só – contou a francesa.

Roquebrune, que foi a segunda mulher com quem Connery se casou, em 1975, disse que o marido foi “um estupendo modelo de homem” e que ambos tiveram “uma vida maravilhosa”.

Ator sofreu de demência nos últimos meses de vida, revelou viúva Foto: EFE/EPA/SIMELA PANTZARTZI

Junto com as declarações da francesa, o Daily Mail publicou uma das últimas fotos do primeiro ator a interpretar o espião James Bond nos cinemas, tirada em maio deste ano, na comemoração do aniversário de 45 anos de casamento.

Connery e Roquebrune se conheceram em 1970, durante um torneio de golfe. Antes de se casarem, o ator manteve união com Diane Cilento, e eles tiveram um filho, Jason.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Morre o ator escocês Sean Connery, aos 90 anos
2 Morre aos 87 anos, Ricardo Blume, da novela Maria do Bairro
3 Assista: Filmes e documentários sobre a Reforma Protestante
4 Record não autoriza participação de Xuxa no 'Caldeirão do Huck'
5 Durante live, Maria Zilda fala sobre testes do sofá na Globo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.