Leia também:
X Fábio de Melo diz que amizade com travesti marcou sua vida

Pastor se opõe à ideologia de gênero: ‘Porque sou homem’

Jorge Linhares e Dani Linhares comentam polêmica catapultada por rede de fast food

Monique Mello - 21/07/2021 16h55 | atualizado em 22/07/2021 19h05

Pastor Jorge Linhares Foto: Reprodução/Youtube

O pastor Jorge Linhares é diretor do Colégio Batista Getsêmani, que está sendo alvo da OAB após se posicionar contra a ideologia de gênero.

No final de junho, no auge da polêmica da campanha do Burger King pró LGBT, o colégio divulgou o vídeo viralizado Deus Nunca Erra em resposta à marca. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) viu mensagem como discurso de ódio e poderá tomar providências contra o colégio, acusando-o de homofobia.

Em entrevista ao podcast Bora pra Vida, de sua filha Dani Linhares, o pastor Jorge comentou sobre o posicionamento da instituição, pautado na Bíblia Sagrada. Dani, que também é pastora, pergunta ao que ele atribui o fato de a escola ter sido uma das únicas a pronunciar-se sobre a pauta progressista. Então, o pastor responde: “Porque eu sou homem”.

– Todas as vezes em que Israel tinha um rei que era homem de Deus, a nação prosperava. Toda vez que Israel tinha um frouxo, a família era destruída. A começar por Adão. Adão era um frouxo – disse o pastor Jorge, explicando que ele, enquanto diretor da escola, deveria ser sábio como um rei de Israel.

Jorge Linhares e Dani Linhares gravando o “Bora pra Vida” Foto: Reprodução

– Os dois [Adão e Eva] estavam juntos. Adão deveria ter dito à Eva: “Não foi para isso que Deus me deu você […] Você está me destruindo”. Deveria repreender Satanás – disse Linhares.

Jorge Linhares defendeu que um vídeo de crianças reforçando seus papéis biológicos não pode ser considerado discurso de ódio.

– A empresa de sanduíches fez [um vídeo] usando crianças. Alguém teve uma ideia maravilhosa de mostrar que Deus não erra. Eu peguei aquilo e joguei a minha opinião com veemência como alerta aos pais – esclareceu.

– A igreja tem o exemplo de Israel. Israel não ataca ninguém. Jesus não mandou nenhum crente atacar. Ele mandou nós nos defendermos – completou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Dani Linhares (@danilinharesoficial)

Leia também1 McDonald's insere livro LGBT como brinde do McLanche Feliz
2 Nas Olimpíadas, narradora do SporTV usa pronome neutro
3 Sara, mãe de Rebeca e Jonathan Nemer, deixa UTI após 104 dias
4 MS: Bandido tenta invadir igreja, mas acaba rendido por pastor
5 Homem que fingia ser menina é preso por abusar de 70 garotos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.