Pastores condenam igreja por exibir desenho com cena gay

Episódio foi censurado por emissora de TV americana

Rafael Ramos - 03/06/2019 17h20

Igreja evangélica vai exibir episódio censurado da animação Arthur Foto: Reprodução

Mesmo tendo sido censurado por uma emissora de TV americana, após a forte onda de protestos de alguns pais, o polêmico episódio do desenho infantil Arthur ganhou um apoio inusitado. A First United Methodist Church, da cidade britânica de Birmingham, anunciou que exibirá o capítulo que retrata um casamento gay.

A postura da igreja foi criticada pelo pastor Renato Vargens, da Igreja Cristã da Aliança, em Niterói (RJ). Ele afirma que a denominação, que é defensora de uma pauta inclusiva, prova que não entendeu que o casamento, à luz das Escrituras, é monogâmico e heterossexual.

– Entendo que uma igreja cristã, firmada nas Escrituras, não deva ter esse tipo de agenda e programação. Agora, é importante salientar que a atitude dessa igreja se deve eminentemente a três fatores: à teologia liberal, que “matou” muitas igrejas nos EUA e Europa; ao relativismo de uma era líquida como a nossa; e, por fim, ao politicamente correto, que como um câncer tem paulatinamente corroído os valores judaico-cristãos da sociedade que vivemos – opinou ao Pleno.News.

Para a pastora Helena Raquel, da Assembleia de Deus de Vila Pacaembu, tal atitude da igreja é inadequada, pois pode gerar certa confusão na mente da criança.

– A criança tem uma facilidade muito grande com imagens e o desenho usa essa linguagem para esse público. Esse mecanismo só vai apresentar um único lado para a criança e deixar sua mensagem. Entretanto, eu penso que a pauta da aceitação deve ser inserida pelos pais com tempo oportuno na mente dessa criança referente à questão de aceitar aquele que é diferente – declarou a pastora.

LEIA TAMBÉM+ Animação infantil mostra casamento gay e pais criticam
+ Emissora censura desenho que mostrou casamento gay
+ Porta dos Fundos é processado por beijo gay de Jesus e Judas


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo