Outubro Rosa promove doação de cabelos. Veja como ajudar!

Perucas devolvem a autoestima de mulheres que perderam os fios no tratamento

Pleno.News - 03/10/2019 15h01

Outubro Rosa virou símbolo da luta contra o câncer de mama Foto: Reprodução

Só quem viveu o drama de um câncer de mama sabe o que mês de outubro representa. Chamado de Outubro Rosa, este mês é dedicado à informação, prevenção e ao combate à doença.

Além da devastação que a doença causa, o tratamento é particularmente cruel com as mulheres, que precisam perder o cabelo para obter a cura: um golpe na saúde e na autoestima.

Por esta razão, há alguns anos começaram a surgir instituições que recebem doações de cabelos humanos. Os fios são transformados em perucas, que são doadas para mulheres que perderam o cabelo após quimioterapias, radioterapias e medicamentos.

Por esta razão, o Pleno.News separou um guia para você que deseja doar seus fios ou está em busca de receber uma peruca.

O QUE É PRECISO PARA DOAR MEU CABELO?
Em geral, as ONGs que recebem as doações pedem que os fios tenham ao menos 20 centímetros de comprimento, contados a partir do elástico onde devem ser presos. Os fios devem estar lavados, secos e dentro de um saquinho plástico.

Também são aceitos todos os tipos de cabelos e de todas as cores, desde os lisos aos crespos, do tingido ao grisalho.

Antes de cortar, é importante informar ao cabeleireiro que os fios serão doados.

As instituições recebem os fios através dos Correios ou em pontos de coleta.

PARA ONDE DOAR?

Fundação Laço Rosa – Rio de Janeiro
A Fundação Laço Rosa é referência no Rio de Janeiro em doação de cabelos para mulheres com câncer. Fundada em 2011, a ONG doa, em média, de 80 a 100 perucas por mês. Mais de 6 mil pacientes já foram atendidas. Além disso, a fundação é responsável por promover cursos profissionalizantes que formam peruqueiros.

A Laço Rosa também incentiva eventos beneficentes, que contam com a presença de famosos, congressos sobre o câncer de mama e coleta itinerante de cabelos.

Cabelegria – São Paulo
Já em São Paulo, se destacam duas ONGs: a Cabelegria e a Rapunzel Solidária. A Cabelegria nasceu em 2013, através da iniciativa de duas amigas que queriam ajudar crianças com câncer. A organização já recebeu mais de 215 mil doações de cabelos, tanto do Brasil quanto do mundo. De acordo com a página da Cabelegria, são confeccionadas cerca de 100 perucas por mês e, ao todo, 6953 mulheres já foram beneficiadas.

A Cabelegria tem parceria com hospitais e salões de São Paulo. Veja os locais parceiros da ONG.

Rapunzel Solidária – São Paulo
Criada há 4 anos, a Associação Rapunzel Solidária surgiu após sua fundadora, Elizabeth Lomaski, superar um câncer de mama. A ONG já recebeu mais de 10 mil doações e entregou mais de 800 perucas. A associação conta com peruqueiros voluntários e recebe mechas de qualquer lugar do mundo.

A instituição tem parceria com salões e grandes empresas.

Amor em mechas – São Paulo
A instituição Amor em Mechas fica em São Paulo e começou o trabalho com perucas em 2017, 2 anos após sua fundadora, Débora Pieretti, ser surpreendida com um diagnóstico de câncer de mama.

Em pouco mais de 2 anos, a ONG já beneficiou 1389 famílias. Os pontos de coletas estão distribuídas pela cidade de São Paulo e incluem salões de beleza, igrejas e centros de estética.

ONG Fio de Luz
Diferentemente da maioria, a Fio de Luz nasceu das mãos de um homem que tinha uma loja de cabelos e, em determinado dia, decidiu ajudar uma mulher que havia perdido os fios por causa da doença. O que parecia ser um ato de solidariedade isolado se transformou em uma instituição de doação de perucas.

Veja aqui como você pode ajudar.

LEIA TAMBÉM+ Pai de Beyoncé fala sobre luta contra um câncer de mama
+ Ana Furtado fala sobre o câncer: 'Tive fé e coragem'
+ Veja os tipos de câncer mais comuns no Brasil e as causas


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo