Leia também:
X Influencer: ‘Quero que meu filho use maquiagem e pinte a unha’

“Odiei todos os segundos da minha gravidez”, revela atriz

Thaila Ayala sofreu com uma complicação grave chamada síndrome Hellp

Pleno.News - 14/09/2022 17h00 | atualizado em 14/09/2022 18h09

Thaila Ayala Foto: Reprodução/TV GloboYouTube Mil e Uma Tretas

Thaila Ayala, mãe do pequeno Francisco, de 9 meses, falou sobre os desafios da gravidez e da amamentação no podcast Mil e uma Tretas, no YouTube. A atriz, casada com o ator Renato Góes, confessou ainda que a gestação não foi simples para ela e chegou a dizer que foi “a pior gravidez do planeta Terra”.

– Foram os piores meses da minha vida. Odiei todos os segundos da minha gravidez. Pensava em não seguir com a minha vida. Depois que consegui gerar e parir, mesmo correndo risco de morte, porque tive síndrome HELLP, entendi que a mãe já é mãe pra caramba – contou Thaila.

Durante o programa, ela disse também que iniciou a suplementação do bebê ainda no hospital.

– Meu filho nasceu de 33 semanas. Nasceu com 2,1 quilos, mas o bebê tem aquela perda, né? E ficou com 1,850. Desde a maternidade, não me deram a possibilidade de não suplementar. Amamentava no peito e também dava o complementar. Ele nasceu muito prematuro e levou tempo para ganhar peso – relatou.

A atriz confessou que tinha muito medo da amamentação.

– Quando dei mamadeira, chorava tanto e tinha a sensação de que fracassei. Foi o pior momento. Tive mastite, tive ducto obstruído duas vezes, desmaiei de dor em uma das vezes que fui desobstruir. Até os 4 meses, ele ficou entre peito e mamadeira. Quando ele tinha 4 meses e tinha ficado gostoso amamentar, ele não quis mais o peito. Até o sexto mês, continuei tirando meu leite para dar na mamadeira.

Renato Góes esteve ao lado de Thaila o tempo todo, segundo ela. Francisco só mamava se a atriz estivesse em pé e em movimento.

– Todas as mamadas da vida do Francisco, eu tinha que amamentar andando. Durante a mastite, tive 39,5ºC de febre e não conseguia ficar em pé, muita tontura… Então tinha que levantar e andar apoiada no Renato – revelou.

Thaila é casada com o ator Renato Góes, com quem tem o Francisco Foto: Reprodução/Instagram

– Homens não conseguem fazer uma função do dia, como um pagamento, o que dirá gerar uma criança? Amamentar uma criança? Homem não conseguiria passar por um terço o que a gente passa, nem menstruar eles conseguiriam – completou.

A SÍNDROME HELLP
HELLP é uma sigla que descreve um conjunto de alterações durante a gestação e se caracteriza pela destruição das hemácias, aumento das enzimas do fígado e diminuição da quantidade de plaquetas no sangue.

A síndrome, que pode estar relacionada com pacientes com pré-eclâmpsia grave, também é acompanhada de alta taxa de morbidade e mortalidade materna e perinatal. Os sintomas podem ser extremamente variáveis, como cefaleia, distúrbios visuais e mal-estar. De acordo com o Ministério da Saúde, a doença acomete cerca de 0,4% das gestantes brasileiras.

*AE

Leia também1 Advogada bloqueia redes sociais após falar em cooptar crianças
2 Bruna Marquezine revela motivo que a fez desistir da igreja
3 Susana Naspolini deixa hospital: "Obrigada, meu Deus, por tudo"
4 Cantora é criticada por mostrar abajur em formato de arma
5 Cantora Soraya Moraes passa por procedimento cirúrgico

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.