Leia também:
X Cinegrafista é internado após levar choque no Faustão na Band

Scooby comenta sexualidade dos filhos: ‘Tem que deixar florir’

Surfista afirmou não interferir na identidade sexual dos três filhos pequenos

Pleno.News - 23/01/2022 19h03 | atualizado em 24/01/2022 09h46

Pedro Scooby está confinado no BBB 22 Foto: Reprodução TV Globo

Confinado na casa do Big Brother Brasil 22, o surfista Pedro Scooby voltou a chamar a atenção após dizer que não interfere na identidade sexual dos filhos. Pai de Dom, de 9 anos, e dos gêmeos Liz e Bem, de 6, frutos do relacionamento com a atriz Luana Piovani, Scooby fez um discurso para os colegas sobre como ele acha que deve ser a criação de filhos.

O atleta começou falando sobre Liz, que ele achou que teria jeito de “molecona”, mas acabou não sendo.

– A Liz é muito menininha; é impressionante. Quando é pra ser, não tem jeito. Quando eu me deparo com um cara que é preconceituoso, eu falo: “irmão, não é você que vai escolher se o teu filho é hétero, gay ou não. Ele nasceu assim. O que você vai decidir é se você vai ser amigo dele ou não, porque, se você tiver esse tipo de atitude, ele não vai mais querer olhar na tua cara” – afirmou.

Em seguida, Scooby revelou que a filha sempre cresceu em meio a esportes masculinizados, mas que, mesmo assim, ela manteve um perfil “dondoquinha”.

– Eu ia levar o Dom na pista de skate e levava a Liz e o Bem. A Liz, ela tinha tudo pra ser uma menina “molecona”. Ela começou a andar de skate porque ela não aguentava mais ir pra pista de skate e ficar ali sem fazer nada, mas ela sempre fazia questão de tudo rosinha. Quando eu cortei o cabelo dela curtinho, ela não gostou. Ela pediu [para que eu cortasse] primeiro, por causa dos irmãos – ela começou a ir na onda dos irmãos -, aí ela não gostou. Ela vive com maquiagem na bolsa, ela gosta de princesa, é toda organizadinha com as coisinhas dela. O que ela tá amando fazer agora, na verdade, é karatê. Mas ela é toda dondoquinha; é engraçado até – disse o surfista.

Ele finalizou o discurso revelando que, em sua opinião, é preciso “deixar florir” a sexualidade dos filhos e que não será preconceituoso se algum deles tiver uma orientação sexual diferente.

– Não adianta. É da pessoa, é da natureza da pessoa. Tem que deixar ela florir e tá tudo certo, mano. Seja o que Deus quiser e o que ela quiser também. Que tenha um caráter maneiro; agora, o resto… é da natureza da pessoa. Tem que deixar ela florir – afirmou.

Leia também1 Gabriel Monteiro denuncia Nego Di ao Ministério Público
2 Filha de Maira Cardi e Arthur Aguiar teve parada respiratória
3 BBB: Tiago relata preconceito por ser neto de Silvio Santos
4 BBB: Natália chama Ipatinga de “roça”, e prefeitura rebate
5 Web reage a Naiara matando barata na cozinha do BBB 22

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.