Leia também:
X Whindersson revela música que compôs para o filho no hospital

Nickelodeon insere parada LGBT e animais trans em desenho

Vídeo do desenho infantil As Pistas de Blue mostra personagem drag cantando sobre casais homossexuais no que seria uma parada gay

Paulo Moura - 01/06/2021 11h21 | atualizado em 01/06/2021 11h47

Parada LGBT e personagens trans apareceram em desenho da Nickelodeon Foto: Reprodução/Nickelodeon

Um vídeo lançado pela Nickelodeon na última semana para promover o desenho infantil As Pistas de Blue (do original The Blue’s Clues) tem causado polêmica por conta de seu conteúdo. Em pouco mais de três minutos, a animação traz uma parada LGBT com casais homossexuais desfilando ao som de uma música cantada por uma personagem drag queen.

Intitulado de Blue’s Clues Pride Parade Sing-Along (Canção para cantar junto da Parada LGBT de As Pistas de Blue, na tradução para o português), o vídeo foi publicado no canal do YouTube da Nickelodeon no último dia 28 de maio e seria uma “homenagem” do canal infantil ao “mês do Orgulho LGBT”.

O vídeo traz uma personagem que representa a drag Nina West cantando a melodia da tradicional canção infantil The Ants Go Marching (As formigas vão marchando, na tradução para o português), com a letra original substituída por um contexto LGBT, como a citação de que a parada apresentada no desenho infantil traz casais com dois pais e duas mães, filhos não binários e outros.

A apresentação do conteúdo foi criticada no Twitter por usuários que não concordaram com a exibição de conteúdo LGBT no desenho infantil. Alguns internautas questionaram o fato de o canal infantil apresentar um tema como a “ideologia de gênero” para crianças.

– Querem utilizar os desenhos infantis como a ideologia de gênero dizendo que é normal o menino gostar de menino, menina gostar de menina, trocar de sexo, utilizar a linguagem neutra como padrão! Veja como esses caras estão fazendo! – protestou um usuário.

Essa não é a primeira vez em que o desenho aborda a temática LGBT em suas animações. Em fevereiro deste ano, quando apresentou um vídeo sobre o abecedário, o desenho trazia a letra P colorida com as cores do arco-íris e com bandeiras LGBT ao redor, cantando que ela era cheia de “orgulho” (pride, em inglês), termo que também é usado para se referir ao movimento gay.

Leia também1 Desembargador dá 24h para Goiânia 'apagar' faixa LGBT
2 Maior igreja cristã da Suécia se autodenomina "trans"
3 Lego "segue moda" e lança uma versão LGBT de seu brinquedo
4 Burger King debocha de cliente que criticou propaganda LGBT
5 Frias critica uso da Lei Aldir Blanc em projeto de temática LGBTQI+

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.