Leia também:
X Australiana vítima de câncer deixa carta com 8 conselhos

Líder do Eu Escolhi Esperar fala sobre acusação de farsa

Pastor Nelson Junior conversa com o Pleno.News: "Você não precisa concordar, só precisa respeitar"

Natalia Lopes - 08/01/2018 13h25 | atualizado em 12/01/2018 17h39

Pastor Nelson Junior, criador do ministério Eu Escolhi Esperar Foto: Divulgação

O Eu Escolhi Esperar, idealizado pelo pastor Nelson Junior, foi alvo de um artigo intitulado “Uma farsa chamada Eu escolhi esperar”. O ministério é acusado de usar a teologia do conto de fadas para ganhar dinheiro através da marca EEE.

Artigo Uma farsa chamada Eu Escolhi Esperar

O próprio Nelson Junior fez uma postagem em suas redes sociais afirmando ter recebido o texto através de amigos. O Pleno.News conversou com o pastor para esclarecer a proposta do trabalho.

Você e o EEE recebem muitas críticas?
Agora bem menos. São sete anos rodando este Brasil, com uma média de 50 seminários por ano e mais de 200 mil pessoas participando dos nossos seminários. São aproximadamente 120 mil livros vendidos e mais de 20 milhões de views no YouTube. Hoje muitas pessoas entendem o que é a campanha, mas nos três primeiros anos foi muito mais difícil, ninguém nos conhecia.

Como encaram isso?
Recebemos de forma muito natural. Quanto maior a exposição, mais estamos sujeitos a recebermos todo tipo de crítica. Principalmente na internet, que se transformou quase num hospício, um pátio cheio de pessoas quase sempre falando sozinhas. Atualmente as pessoas têm uma necessidade incrível de emitir opinião sem terem sido consultadas. Mas, graças a Deus, algumas dessas críticas já nos ajudaram muito a corrigirmos falhas e melhorarmos nossa comunicação com o público.

Quando e como começou o ministério?
A campanha começou em março de 2011. Iniciamos esse trabalho para orientar os jovens e adolescentes sobre a vontade de Deus para sua sexualidade e principalmente para suas emoções. Muitas pessoas sofrem nessas áreas da sua vida por não conhecerem a vontade do Senhor. Nossa missão é de alguma maneira tentar ajudar.

Como você define o EEE?
Eu Escolhi Esperar é uma campanha de preservação sexual, ou seja, acreditamos que o sexo é uma bênção de Deus que só deve ser vivenciado dentro de uma aliança de casamento. A outra área que trabalhamos é com o que chamamos de saúde emocional, cremos que Deus tem um plano para todas as áreas da nossa vida, inclusive para nossa vida amorosa.

O que diria para os críticos do trabalho?
Você não precisa concordar, só precisa respeitar. Isso serve para tudo na nossa vida. Hoje as pessoas querem combater o preconceito, mas sem perceberem, o discurso que elas usam, muitas vezes, é preconceituoso.

Leia também1 Noiva de Kaká se declara em fotos nas redes sociais
2 Mariana Aguiar faz música em apoio a Tonzão
3 Elaine Martins e o marido apresentam o filho ao Senhor

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.