Leia também:
X Wilson Witzel é denunciado por organização criminosa

Damares quer vetar o filme Cuties: “Não neste país, Netflix”

Ministra definiu produção como abominável e também mandou recado para pedófilos

Pleno.News - 14/09/2020 19h43 | atualizado em 14/09/2020 20h54

Ministra Damares Alves Foto: PR/Isac Nóbrega

Nesta segunda-feira (14), Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos se pronunciou contra o filme Cuties, exibido pela Netflix. Ela pretende vetar a veiculação da obra.

A ministra definiu a produção como abominável. Em uma rede social, ela apontou que o filme incentiva a pedofilia por exibir meninas de 11 anos em posições eróticas.

– Estou brava, Brasil! Estou muito brava! É abominável uma produção como a deste filme. Meninas em posições eróticas e com roupas de dançarinas adultas. Não neste país, Netflix! No Brasil não! Quero deixar claro que não faremos concessões a nada que erotize ou normalize a pedofilia – declarou.

Damares deixou ainda um recado para os pedófilos.

– Quero aproveitar e dar um recado aos pedófilos que por anos têm vindo ao Brasil abusar de nossas crianças: no Brasil existe um Governo que se importa de verdade em proteger as crianças e as famílias.

View this post on Instagram

Estou brava, Brasil! Estou muito brava! É abominável uma produção como a deste filme. Meninas em posições eróticas e com roupas de dançarinas adultas. Não neste país, Netflix! No Brasil não! Quero deixar claro que não faremos concessões a nada que erotize ou normalize a pedofilia! Quero aproveitar e dar um recado aos pedófilos que por anos tem vindo ao Brasil abusar de nossas crianças: no Brasil existe um Governo que se importa de verdade em proteger as crianças e as famílias.

A post shared by Damares Alves (@damaresalvesoficial1) on

Leia também1 Internautas voltam a pedir boicote contra o filme Cuties
2 Eduardo Bolsonaro: "Netflix incentiva erotização precoce"
3 Netflix se pronuncia após polêmica com o filme Cuties
4 Web pede #CancelNetflix em protesto contra o filme Cuties
5 Petição contra filme que erotiza meninas chega a 100 mil assinaturas

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.