Leia também:
X Chris Durán ensina receita de cuscuz marroquino

Nos EUA, pais decidem criar filhos sem gênero definido

Movimento conhecido como Theyby defende que as crianças devem se posicionar por conta própria

Ana Luiza Menezes - 22/02/2019 16h38 | atualizado em 22/02/2019 16h56

Nos EUA, algumas famílias decidiram criar filhos sem gênero definido (Foto Ilustrativa) Foto: Pexels

Nos Estados Unidos, um movimento conhecido como Theyby tem recebido cada vez mais adeptos, visto que vários casais decidiram que não vão definir o gênero de seus filhos. A ideia do nome surgiu por causa do pronome they que, em português, corresponde a eles ou elas, mas no inglês é neutro em relação ao sexo.

A proposta dos adeptos dessa linha de pensamento é chamar os filhos de theybies em vez de babies. Os pais também se comprometem a não usar adjetivos femininos ou masculinos para se referir às crianças, evitando, por exemplo, termos como princesinha, príncipe ou tigrão, a fim de evitar uma imposição ou pressão externa sobre quem a criança é.

Questões biológicas e anatômicas são completamente ignoradas por essas famílias. Os apoiadores da visão defendem o chamado gender neutral (neutralidade de gênero), que considera como válido apenas o que a criança decidir quando completar 4 anos de idade. Antes dessa idade, termos como ele ou ela não são usados para se referir aos filhos e sim o termo neutro ‘they’ que, em inglês, pode ser usado para se referir tanto a eles como a elas.

Essa decisão também implica na escolha das roupas. Os filhos não são proibidos de usar nenhum tipo de cor ou roupa, mas em geral, para eles o ideal é que também as vestimentas não definam o gênero. A escolha do nome da criança também é afetada, pois os pais procuram por nomes neutros.

A jornalista americana Cathy Abreu, que apoia esse conceito, fez observações sobre o objetivo desse tipo de medida.

– Os pais não vão fingir que não sabem o gênero do bebê, mas não vão mais colocar ‘rótulos’ neles, e sim deixá-los decidirem seu gênero, o que vai acontecer quando eles completarem 4 anos de idade – disse ela, em entrevista a um programa da Fox News.

Ari com seus filhos Foto: Reprodução

FAMÍLIA NEUTRA
Ari Dennis teve um bebê que recebeu o nome de Sparrow. A decoração da festa de 1 ano, que aconteceu no último dia 16, foi organizada em cores como roxo e azul petróleo. Nenhum detalhe da festa indicava o sexo da criança, que foi vestida de calça azul e blusa rosa.

Alguns convidados da celebração sequer sabiam o sexo da criança, incluindo a avó materna. Ari optou por criar seu bebê de forma neutra.

– Acho que Sparrow vai poder se tornar confiante com seus hobbies e interesses, quaisquer que sejam, sem culpa ou vergonha – disse.

Além de Sparrow, Ari também tem uma filha mais velha, que só teve o sexo definido aos 4 anos de idade, por escolha própria. Dennis vive na Flórida com seus filhos e a esposa, Brenn.

Leia também1 E quando o homem é a vítima em casos de assédio?
2 Meghan Markle ganha chá de bebê em Nova Iorque

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.