Leia também:
X Damares anuncia reforço nas ações de combate à pedofilia

#NaturaNão: Boicote à marca ganha força nas redes sociais

Empresa foi criticada por escolher Thammy Miranda para estampar a campanha do Dia dos Pais

Rafael Ramos - 28/07/2020 12h28 | atualizado em 28/07/2020 15h32

A reação do público mais conservador à campanha da Natura de Dia dos Pais fez a marca de cosméticos ficar entre os assuntos mais comentados nas redes sociais. A empresa escolheu a transexual Thammy Miranda como garoto propaganda da ação #MeuPaiPresente, mas recebe uma enxurrada de críticas e ameaças de boicote com a tag #NaturaNão.

Por meio das redes sociais, Thammy disse que “amor, respeito, afeto e coragem são coisas que precisamos pra enfrentar a vida”. Em vídeo, Gretchen acusou os críticos de não serem pais de verdade por estarem incomodados com a escolha da Natura.

Procurada, a Natura informou que acredita na diversidade, que é um valor “expresso em nossas crenças há mais de vinte anos, estando sempre presente em nossas campanhas publicitárias e projetos patrocinados”.

– A campanha de Dia dos Pais mergulha na rotina desafiadora que todos estão vivendo durante a quarentena e mostra como esse intenso convívio pode fortalecer a relação entre pais e filhos, mostrando que a presença paterna é o maior presente. É um convite para ampliar as representações do homem contemporâneo a viver sua masculinidade de forma mais aberta e leve. A Natura celebra todas as maneiras de ser homem, livre de estereótipos e preconceitos, e acredita que essa masculinidade, quando encontra a paternidade, transforma relações.

POLÊMICA COM BEIJO LÉSBICO
Não é a primeira vez que a empresa, que adquiriu o Avon em janeiro deste ano, se vê envolvida em polêmicas. Há um ano, a Natura sofreu boicote por parte de alguns consumidores ao mostrar três casais de mulheres se beijando nas peças publicitárias da Coleção do Amor. Dentre as participantes, estava uma drag queen.

A onde de boicotes fez o grupo novamente ficar em evidência no Twitter e vários usuários manifestaram a insatisfação com a empresa. Um deles disse que “a Natura se esqueceu que as revendedoras são em sua maioria donas de casa conservadoras e mães que tiram um extra para ajudar o marido, odiadas pelas ‘lacrudas’ que as chamam de oprimidas ou machistas”.

Leia também1 Natura é boicotada por ação de Dia dos Pais com Thammy
2 Eduardo Bolsonaro e Malafaia reforçam boicote à Natura
3 Time que contratou Bruno perde patrocínio após acerto
4 Web inicia campanha: Agora são #TodosContraFelipeNeto
5 Folha utiliza termo "despiora" para não elogiar Bolsonaro

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.