Mãe faz alerta de influência de youtuber sobre filho de 6 anos

Ela percebeu que o menino apresentou mau comportamento depois de acompanhar vídeos

Pleno.News - 13/09/2018 08h43

Luccas Neto é acusado de ser má influência para crianças Foto: Reprodução Youtube

A executiva Ana Carolina la Picirelli, de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, usou suas redes sociais nesta segunda-feira (10) para fazer um alerta a pais e responsáveis. Ela relatou, pelo Facebook, sobre a má influência que vídeos do YouTube tiveram na educação de seu filho de 6 anos.

A mãe afirmou que, desde que ela comprou a revista do youtuber Luccas Neto para a criança, percebeu diversos comportamentos estranhos. Além disso, a avó do menino já havia alertado sobre o teor nocivo dos vídeos.

– Estava comendo muitos doces, fora do normal de crianças, comeu de manhã pão com ketchup sem nós vermos, começou a falar e rir de maneira espalhafatosa, com gírias, imitava foca e cachorro, maltratava nosso gatinho, não obedecia e ficou muito questionador, faltando com respeito e sendo agressivo – relatou.

Ana Carolina afirmou que decidiu buscar a fonte do problema depois de presenciar seu filho rindo de um menino que se machucou no parquinho.

– Em vez de oferecer ajuda como sempre fazia, ele começou a rir de uma maneira diferente, apontando para o menino e gargalhando. Eu fiquei chocada! Ali percebi que tinha algo errado e, assim que cheguei em casa, pedi para ver o YouTube com ele. Identifiquei as atitudes estranhas do meu filho no Luccas Neto! – afirmou.

A executiva fez um alerta aos pais e responsáveis para que eles avaliem os ídolos das crianças. Ela também mandou um recado para o influenciador, afirmando que “busque orientação profissional e psicólogas comportamentais, pedagogas e outros especialistas para produzir conteúdos saudáveis”.

Postagem de mão sobre influência de youtuber Foto: Reprodução Facebook

LEIA TAMBÉM+ Lista mostra 10 desenhos infantis com conteúdo LGBT
+ Super Drags será para maiores de 16 anos, esclarece Netflix
+ Pastor Otoni de Paula diz que irmãos Neto são nocivos


Clique para receber notícias
WhatsApp
Envie sugestões por WhatsApp
+55 (21) 97150-9158