Leia também:
X Filho salva a mãe ao ligar para número escrito em brinquedo

Projeto atende crianças com deficiência de forma gratuita

Quase 60 crianças e famílias são ajudadas por equipe profissional

Pleno.News - 27/08/2020 11h55 | atualizado em 27/08/2020 12h49

O Projeto Mananciais, da Igreja Metodista Wesleyana, ajuda de forma totalmente gratuita 58 crianças com necessidades especiais. Custeadas pela igreja e por doações, elas recebem atendimento de psicólogos, fonoaudiólogos, psicopedagogos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas e assistentes sociais.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, cerca de 10% da população possui algum tipo de deficiência. No Brasil, de acordo com pesquisa do IBGE de 2018, 6,7% da população geral possui necessidades especiais.

O projeto completou três anos em 2020 e a igreja fará uma apresentação live especial neste sábado (29). O Pleno.News conversou com o idealizador e pastor da igreja, José Sandoval Bezerra, sobre a iniciativa.

Como surgiu a ideia do Projeto Mananciais?
Desde 2015, quando cheguei na igreja, vi a dificuldade dos membros com os filhos com necessidades especiais. Intrigou-me saber como as famílias mais pobres seriam atendidas. E começamos a sonhar em atender, ao menos, dez crianças com necessidades especiais. Em 2017, após qualificar uma coordenadora para o projeto, mobiliar uma sala para os atendimentos com profissionais e buscar os profissionais especializados, começamos a atender 17 crianças. Isso foi no dia 8 de maio de 2017. Entretanto, tão grande foi a procura que nos assustou como há famílias demandando essa ajuda. Em pouco mais de dois anos, hoje atendemos 58 crianças.

E no que consiste essa ajuda que elas recebem?
As crianças têm atendimento com oito profissionais: duas psicólogas, duas fonoaudiólogas, um psicopedagogo, um terapeuta ocupacional, uma fisioterapeuta e uma assistente social.

E como esse serviço é custeado?
Esses profissionais recebem da igreja uma ajuda de custo por cada criança atendida em que os valores são oriundos da arrecadação da igreja e de parceiros que ajudam a manter o projeto. As famílias atendidas são famílias carentes, pois desde o início a intenção do projeto é socorrer aqueles que não têm condições e não são atendidos em nenhum outro local. Aquelas famílias que não têm ainda nenhuma ajuda governamental são subsidiadas com uma cesta básica.

As crianças ajudadas passam por algum tipo de triagem?
Hoje temos uma fila de espera com mais de 140 crianças aguardando para serem inseridas no projeto. Todas passam pela triagem com a assistente social.

Quais as maiores necessidades do projeto hoje?
Hoje o que necessitamos é de colaboradores para poder aumentar o número de atendimento das crianças.

Como será a live deste sábado? Como assistir?
Faremos uma programação musical com o cantor Thiago Soares e o grupo Promises. A live solidária vai começar às 19h e pode ser assistida em nosso canal do YouTube. Queremos que as pessoas conheçam o projeto para que possamos ajudar cada vez mais crianças.

Thiago Soares em live solidária Foto: Divulgação

Leia também1 MEC propõe que pais leiam em voz alta para crianças
2 Damares vai ampliar proteção às mulheres de áreas remotas
3 Senado aprova PEC do Fundeb e texto vai à promulgação
4 Eleva Educação abre inscrição para programa de trainee
5 Na quarentena, 84 meninas abusadas deram à luz em SP

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.