CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Giovanna Ewbank e Gagliasso mostram 1ª foto do filho Zyan

Casal terá que indenizar filho adotivo após devolvê-lo

Justiça condenou os pais a pagar R$ 150 mil ao garoto

Rafael Ramos - 10/07/2020 16h31

Casal devolveu filho adotivo Foto: Reprodução

Um casal foi condenado em primeira instância pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) a pagar R$ 150 mil por danos morais a um garoto por devolvê-lo depois da adoção. Hoje com 11 anos, o menino viveu quase dois anos com a família.

Em sua defesa, eles alegaram que a convivência se tornou insustentável, pois o menor era rebelde e com comportamento agressivo, desafiador e temerário. Apesar da decisão da Justiça, eles pretendem recorrer da condenação. Caso as instâncias superiores mantenham a indenização ao garoto, ele terá acesso ao dinheiro após completar 18 anos.

O casal conheceu a criança no abrigo onde ele morava. Eles relataram que o filho adotivo “chegou à casa com pânico de chuva, dormia mal, com hábitos pouco educados, sem fazer seu asseio pessoal, além de ser descuidado com seus objetos pessoais, desinteressado nas tarefas escolares, com dificuldade para aceitar regras, bem como com hábito de mentir para conseguir seus objetivos e evitar punições”.

Os pais adotivos alegaram ainda que tinham dificuldades para criar vínculos afetivos com o menino. Eles chegaram a viajar para a Disney com o filho biológico deixando o adotivo junto com uma cuidadora.

– Tais condutas denotam que os réus não acolheram a criança em sua família de forma verdadeira, fazendo clara distinção de tratamento com o filho biológico, chegando a tomar a drástica decisão de devolvê-lo, em total desprezo pelos sentimentos do menor e sem realizar qualquer preocupação com a condição de criança em desenvolvimento – destacou trecho do voto da desembargadora do TJ-SP e relatora do caso, Marcia Dalla Déa Barone.

YOUTUBERS CAUSARAM REVOLTA AO DEVOLVER FILHO AUTISTA

Myka Stauffer e James de Columbus revoltaram ao devolver o filho adotivo Foto: Reprodução

Em junho, a notícia de que o casal de youtubers Myka Stauffer e James de Columbus devolveram o filho que haviam adotado há três anos causou revolta na internet. O pequeno Huxley, que nasceu na China, foi adotado em 2017, quando ainda tinha 2 anos.

A adoção foi documentada em 27 vídeos e atraiu 715 mil seguidores para o canal do casal. Por meio de um vídeo, Myka explicou que as condições de saúde de Huxley eram piores do que eles imaginavam.

O gesto foi apontado como uma jogada de marketing por internautas. O casal também teve prejuízo financeiro já que várias marcas cancelaram seus patrocínios.

Leia também1 Giovanna Ewbank e Gagliasso mostram 1ª foto do filho Zyan
2 Gloria Maria vence câncer: 'Totalmente recuperada'
3 Relembre outras tragédias que marcaram o elenco de Glee
4 Morte de Paulo Henrique Amorim completa 1 ano
5 Avó de Michelle Bolsonaro desperta para avaliação

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo