Leia também:
X Quem resiste? Veja 7 benefícios do café para a saúde

Influencer denuncia filme que faz piada com pedofilia

Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola está disponível na Netflix, e tem classificação etária de 14 anos

Pleno.News - 13/03/2022 13h25 | atualizado em 14/03/2022 13h03

Influenciadora digital fez alerta aos pais para filme brasileiro na Netflix Foto: Reprodução Instagram

A influenciadora digital e intérprete de Libras Mariana Lima fez um alerta aos pais e responsáveis sobre o filme Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola, de 2017, que está disponível na Netflix. Em seu Instagram, Mariana divulgou um trecho da produção, que é baseada em um livro homônimo escrito pelo apresentador Danilo Gentili, que mostra o personagem de Fábio Porchat tentando abusar sexualmente de dois adolescentes.

Mariana se mostrou indignada com o que chamou de “banalização” do abuso sexual de menores.

– Eu não consigo acreditar como algo assim (abuso infantil) pode ser tratado com desenhinhos, como PRECONCEITO, como algo NORMAL (essas mesmas palavras foram usadas no filme!). Filme com grande produção e “grandes” atores. Quantas crianças já não assistiram essa grande M****??? – escreveu a influenciadora.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por (@mariana_libras)

Mãe de dois filhos e evangélica, Mariana disse ainda que ficou extremamente abalada com as cenas do filme.

– Juro que quando vi passei mal e ainda estou. GRAÇAS A DEUS meus filhos estavam dormindo e não viram essa cena tão “NORMAL”. Quê isso???!!!! – questionou, indignada.

– Acho que algo nunca me afetou tanto assim na vida. Estou muito chocada. Olhei e não acreditei. […] Reposta isso, grava essa cena, marca alguém que você sabe que não vai deixar isso barato – pediu aos seguidores.

A produtora de conteúdo Polly Oliveira também se mostrou revoltada com a produção. Em seu Instagram, ela fez um longo desabafo em que cita os males causados pela pedofilia e pelo abuso sexual.

– Quem se responsabiliza por essa cena adentrar lares e mentes de crianças que a partir disso acharão natural serem abusadas? Ninguém nesse set de filmagem poderia ter visto que essa cena não é adequada para se fazer piada? – questionou.

Os influenciadores Paulo Filippus e Fabiola Melo também usaram as redes sociais para questionar a Netflix e cobrar providências.

O influenciador cobrou respostas da Netflix e marcou a ministra Damares Alves na publicação. Foto: Reprodução

Leia também1 Cantora Sophia Vitória, da MK Music, é batizada nas águas
2 Mulher de Justin Bieber foi internada com dano cerebral
3 Justiça barra propaganda do PTB que associa esquerda à pedofilia
4 Estupro em sex shop: Mãe de agressor diz que 'mataram ele'
5 Polícia investiga 'morte suspeita' de jovem em apartamento em SP

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.