Leia também:
X Anvisa recomenda cancelar atual temporada de cruzeiros

YouTube exclui vídeo de Silas Malafaia sobre vacina infantil

A plataforma havia informado que estava investigando vídeo do líder religioso

Paulo Moura - 13/01/2022 09h28 | atualizado em 13/01/2022 09h50

Pastor Silas Malafaia Foto: Reprodução/YouTube de Silas Malafaia

Após anunciar que estava investigando um vídeo do pastor Silas Malafaia, o YouTube removeu, na madrugada desta quinta-feira (13), a gravação em que o religioso criticava a vacinação infantil. Na terça-feira (11), o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) disse que teve de apagar 11 tuítes, que levavam ao vídeo sobre tema, após o Twitter ameaçar deletar sua conta.

Ao tentar acessar o vídeo na manhã desta quinta, cujo título era Bolsonaro e a última safadeza da Globo, o usuário é informado que o vídeo foi excluído por “violar as diretrizes da comunidade do YouTube”. Na quarta-feira (12), o YouTube havia informado que iria “investigar” o vídeo, após uma denúncia ser publicada no Twitter.

Vídeo de Malafaia foi excluído pelo YouTube Foto: Reprodução/YouTube

Sobre a exclusão de tuítes na terça, o pastor se disse revoltado com a postura do Twitter. À coluna de Guilherme Amado, do Metrópoles, Malafaia afirmou que o correto seria primeiro ele apresentar sua defesa e depois, caso a rede social assim entendesse, ser forçado a deletar os comentários.

– O Twitter é o julgamento mais injusto. Ele pune para, depois, você se defender. É o que todas as redes sociais fazem – criticou.

Além disso, o líder religioso também criticou quem pediu a derrubada da sua conta na rede social.

– São covardes, de democratas não têm nada, não suportam o contraditório. Dizem que nós somos fundamentalistas, mas eles [é] que não suportam posição contrária – completou.

Leia também1 Brasil recebe primeiro lote da vacina da Pfizer para crianças
2 Anvisa diz que há surto de fungo resistente a medicamentos
3 Anvisa recomenda cancelar atual temporada de cruzeiros
4 Bolsonaro: Eleição de Lula seria 'recondução de criminoso' ao crime
5 Hang reage à conta suspensa no Twitter: 'Momentos estranhos'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.