Leia também:
X Michelle Bolsonaro: falas e gestos em 2019

Wilson Witzel repudia ataque à sede do Porta dos Fundos

IAB e OABRJ também emitiram uma nota conjunta

Rafael Ramos - 26/12/2019 17h52

Wilson Witzel disse que quer encontrar os responsáveis pelo ataque ao Porta dos Fundos Foto: Agência Brasil/Antonio Cruz

Cumprindo agenda no Palácio Guanabara, nesta quinta-feira (26), o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, repudiu o atentado à sede do Porta dos Fundos. Ele disse que o secretário de Polícia Civil, Marcus Vinícius Braga, se reuniu com a equipe do canal para obter mais informações sobre o ocorrido.

– Já temos informações mais precisas da câmera que filmou as imagens para que possamos fazer a investigação. Queremos, no prazo mais rápido possível, encontrar quem são os autores dessa espécie de atentado e dar imediatamente à sociedade as respostas necessárias. Nosso governo é contra qualquer manifestação de violência contra quem quer que seja.

O Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) e a Ordem dos Advogados do Brasil do Estado do Rio de Janeiro (OABRJ) emitiram uma nota conjunta nesta quinta-feira. Os órgãos expressaram “extrema preocupação com os atos truculentos e de intimidação promovidos contra a sede do Porta dos Fundos e seus integrantes”.

– Uma das lutas constantes do ser humano é poder falar o que pensa sem ser punido, coagido, encarcerado ou, até mesmo, assassinado. Na Constituição norte-americana, a primeira das liberdades a ser considerada é a de expressão, conhecida como “a liberdade das liberdades”. A história ensina que o controle do conhecimento, da cultura e das artes é uma das etapas dos regimes marcadamente autoritários, que ideologicamente dialogam com a censura – diz parte do texto.

Leia também1 Polícia diz que ataque ao Porta dos Fundos não foi terrorismo
2 Integralistas negam relação com grupo que atacou o Porta
3 Integralistas: Conheça o grupo que assumiu ataque ao Porta
4 Veja outros títulos da Netflix que zombam de Deus e da fé

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.