Leia também:
X Guedes diz que foi ‘infeliz’ em comentário sobre China

Weintraub: ‘Estou disposto a impedir que o Brasil vire a Venezuela’

Ex-ministro comentou sobre possibilidade de ser candidato ao governo de SP

Gabriela Doria - 28/04/2021 15h49 | atualizado em 28/04/2021 16h27

Ex-ministro Abraham Weintraub comentou sobre candidatar-se ao governo de SP no ano que vem Foto: MEC/Diego Rocha

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub comentou, em entrevista ao programa Os Pingos nos Is, nesta terça-feira (27), sobre a possibilidade de candidatar-se ao governo do estado de São Paulo nas eleições do ano que vem.

– Identifico-me com São Paulo. Serei governador, senador? Nada está decidido. Ainda é muito cedo. Estou disposto a impedir que o Brasil vire a Venezuela – disse o atual diretor-executivo do Banco Mundial.

Weintraub alertou ainda para o iminente risco de uma ascensão autoritária ao governo e fez comparação com a situação da Venezuela, que vive sob as mãos de ferro de Nicolás Maduro, acusado de diversos crimes contra a população e a oposição.

– É importante dizer: acho que as pessoas estão muito confiantes de que o Brasil está fora de risco. Com base no que observei em Brasília, e agora analisando a situação de fora do país, penso que a possibilidade de o Brasil “venezuelizar-se”, virar uma distopia, está cada vez maior – advertiu o ex-ministro durante o programa.

Recentemente, internautas lançaram uma campanha para que o ex-ministro seja candidato ao governo de São Paulo. Os pedidos foram tantos que ganharam destaque no Twitter, com a hashtag #ForaDoriaVemWeintraub.

Leia também1 Guedes diz que foi 'infeliz' em comentário sobre China
2 Sikêra critica beijo de Fiuk e Gil no BBB21: "Coisa mais feia”
3 Pastor é preso por pregar que 'Deus criou apenas dois sexos'
4 Bolsonaro "detona" CPI: 'Vai fazer Carnaval fora de época?'
5 Deputado critica ação que pode libertar assassino Champinha

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.