Leia também:
X Vacinas: Juiz libera universidade a importar sem doar ao SUS

“Vitória do negacionismo”, diz diretor do Butantan sobre Covid

Dimas Covas volta a criticar a atuação do governo federal durante a pandemia

Monique Mello - 07/04/2021 17h22 | atualizado em 07/04/2021 17h59

Diretor do Instituto Butantan Dimas Covas Foto: Governo do Estado de São Paulo

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, falou ao jornal O Globo sobre a situação da pandemia de Covid-19 no Brasil, no que diz respeito à atuação do governo federal.

O hematologista voltou a criticar o governo atual, que, na sua visão, trata a pandemia com irresponsabilidade. Ele afirma que “a falta de ações eficazes contribuiu para a proliferação massiva da doença no país, com alto número de óbitos e [de] UTIs em colapso”.

Para Covas, não existe um discurso de alcance nacional que possa ser aderido pela população em geral.

– Temos muitos discursos, inclusive os contrários a isso; discursos de autoridades importantes da República que dizem que as pessoas não precisam ficar em casa – disse Covas.

Segundo o diretor do Butantan, o Brasil está perdendo a batalha no combate ao Coronavírus, e isso “significa uma vitória do negacionismo”.

– Há falta de um discurso unificado e de um entendimento correto de que a epidemia é fatal – disse Covas.

Nas palavras do diretor do Butantan, o vírus está se espalhando “de uma forma muito tranquila”, e a situação toda acarreta o aumento progressivo de mortes diárias.

O hematologista também falou sobre o trabalho do Butantan na luta contra a Covid-19, que engloba duas vacinas: a CoronaVac, feita com insumos importados da China, e a Butanvac, com produção nacional.

Leia também1 'Bolsonaro está fazendo o jogo do vírus', diz diretor do Butantan
2 O que se sabe sobre a Butanvac, vacina brasileira contra a Covid
3 USP diz ter encontrado variante sul-africana da Covid em SP
4 Covid-19: Pfizer é eficaz contra variante sul-africana, diz estudo
5 Vacinas: Juiz libera universidade a importar sem doar ao SUS

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.