Leia também:
X ‘Casamento blindado por Deus’, postou homem que matou a ex

União Química produz primeiro lote brasileiro da Sputnik V

Imunizante será exportado para países latino-americanos

Pleno.News - 20/05/2021 15h04 | atualizado em 20/05/2021 15h12

vacina russa sputnik v
Vacina russa, Sputnik V, foi rejeitada pela Anvisa Foto: Divulgação

A empresa farmacêutica brasileira União Química produziu seu primeiro lote da Sputnik V, vacina contra a Covid-19 criada na Rússia, segundo informou nesta quinta-feira (20), em Moscou, o Fundo Russo de Investimentos Diretos (FIDR).

Segundo o comunicado russo, “após passar pelo procedimento de controle de qualidade do Instituto Gamaleya, a vacina produzida pela União Química será exportada para outros países latino-americanos para a luta contra a Covid-19.”

O FIDR foi o responsável por transferir para a União Química a tecnologia necessária para iniciar a produção dessa vacina, bem como a documentação científica e os biomateriais.

No início de janeiro, o presidente da empresa farmacêutica, Fernando de Castro Marques, foi à Rússia para visitar os centros de produção da Sputnik V.

Naquele momento, ambas as partes concordaram em estabelecer um plano para fornecer 150 milhões de doses de Sputnik V ao Brasil ainda este ano.

No entanto, no final de abril, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) negou a importação da vacina russa, o que suscitou críticas dos criadores da Sputnik V, que consideraram que a decisão respondia a “sutilezas políticas”.

Além de rebater as críticas do parecer técnico da Anvisa, os criadores da vacina acusaram os Estados Unidos de pressionarem as autoridades brasileiras no sentido de estas desistirem da vacina russa.

*EFE

Leia também1 Sobre Manaus, Pazuello diz que fez 'tudo que estava ao alcance'
2 Por falta de liquidez, Cuba deixa de vender moedas estrangeiras
3 Cientistas criam antiviral que reduz o Coronavírus em 99,9%
4 Guedes: "Vamos ter produção local completa da vacina"
5 Coronavírus: Índia pede que não chamem variante de 'indiana'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.