Leia também:
X Bolsonaro faz coletiva e indica posicionamento do Brasil

Ucrânia: Repórter chama guerra de massacre, e Bolsonaro retruca

Em coletiva, presidente fora questionado sobre proximidade com Vladimir Putin

Monique Mello - 27/02/2022 21h33 | atualizado em 27/02/2022 21h43

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Isac Nóbrega

Em entrevista coletiva concedida neste domingo (27), no Guarujá (SP), onde passa o feriado de Carnaval, o presidente Jair Bolsonaro retrucou uma jornalista que se referiu ao conflito entre Rússia e Ucrânia como “massacre”. Para o chefe do Executivo, tal palavra é um exagero.

– Você está exagerando na palavra massacre – disse p chefe do Executivo.

A jornalista havia questionado a Bolsonaro se a sua postura de neutralidade se deve a sua aproximação com o presidente russo Vladimir Putin, “diante da iminência de ter um massacre com civis na Ucrânia”.

– Não há interesse por parte de um chefe de Estado em praticar massacre com quem quer que seja. Ele [presidente da Rússia, Vladimir Putin] está se empenhando em duas regiões da Ucrânia, que, em referendo, mais de 90% da população quis se tornar independente e se aproximar da Rússia. É isso que está acontecendo – respondeu Bolsonaro.

– Equipamento de guerra é para matar. A gente sabe disso aí. Quer que eu fale o quê? Presidente faça isso ou faça aquilo? […] O povo [ucraniano] confiou num comediante o destino de uma nação. Ele [Volodymyr Zelensky] tem que ter equilíbrio para tratar dessa situação aí – complementou o presidente à jornalista.

 

Leia também1 Bolsonaro faz coletiva e indica posicionamento do Brasil
2 Elon Musk ativa serviço de internet Starlink na Ucrânia
3 EUA pedem a americanos que deixem 'imediatamente' a Rússia
4 Otan reage à "ameaça nuclear" de Vladimir Putin
5 Ucrânia: Prefeito afirma que Kiev está cercada pelos russos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.