Leia também:
X Capitólio: Vítimas desaparecidas são pai, de 37 anos, e filho, de 14

Turista do Rio que teve rosto dilacerado em Capitólio tem alta

Mulher de 50 anos estava em uma das lanchas atingidas pelo deslizamento de pedaço de cânion

Gabriela Doria - 09/01/2022 13h44 | atualizado em 09/01/2022 14h08

Mulher que teve rosto dilacerado recebe alta Foto: Divulgação/CBMMG

A turista carioca de 50 anos que teve o rosto dilacerado na tragédia no Lago de Furnas, em Capitólio (MG), teve alta da Santa Casa de Passos neste domingo (9). Ela precisou ser submetida a uma cirurgia de reconstrução de parte do rosto e da orelha

Já um rapaz de 26 anos, que foi internado na mesma unidade de saúde com fraturas na face e no maxilar, ainda aguarda a cirurgia.

Autoridades afirmam que pelo menos 23 pessoas que estavam no Lago de Furnas foram atendidas e liberadas, muitas delas com fraturas abertas e expostas, devido ao grande impacto sofrido.

Até o momento, oito corpos já foram encontrados e outras duas pessoas, pai e filho, seguem desaparecidas.

Por causa da violência da queda da rocha, peritos apontam a dificuldade em identificar os corpos. Até o momento, só um corpo foi formalmente identificado, que é o de Júlio Borges Antunes, de 68 anos.

Leia também1 Capitólio: Vítimas desaparecidas são pai, de 37 anos, e filho, de 14
2 Prefeito de Capitólio suspende turismo aquático na cidade
3 Todos os mortos e desaparecidos estavam na mesma lancha
4 Sobe para 8 o número de mortos na tragédia em Capitólio
5 Bombeiros retomam buscas por desaparecidos em Capitólio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.