CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Bolsonaro pede que O Globo “pare de atrapalhar” o Brasil

Toffoli derruba decisão contra Porta dos Fundos e Netflix

Presidente do STF acatou pedido da plataforma de streaming

Ana Luiza Menezes - 09/01/2020 19h36 | atualizado em 09/01/2020 19h45

Especia de Natal Porta dos Fundos 2019: A Primeira Tentação de Cristo Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (9), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, atendeu ao pedido da Netflix e derrubou a decisão do desembargador Benedicto Abicair, da 6.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Abicair tinha determinado que o especial de Natal, do Porta dos Fundos, fosse retirado do ar.

O vídeo do grupo foi considerado ofensivo por cristãos de todo o mundo, por conta de Jesus Cristo ter sido retratado como homossexual. Benedicto tinha atendido a um pedido da Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura. O magistrado chegou a determinar uma multa de R$ 150 mil por dia, caso o Porta dos Fundos optasse por continuar exibindo o produto.

Porém, a Netflix acionou o Supremo e alegou que a decisão do desembargador teve “efeito equivalente ao da bomba utilizada no atentado terrorista à sede do Porta dos Fundos: silencia por meio do medo e da intimidação”.

Presidente do STF, Dias Toffoli Foto: STF/Nelson Jr

O pedido tinha sido sorteado para ser analisado pelo ministro Gilmar Mendes, mas acabou decidido por Toffoli, por conta do recesso no tribunal.

Leia também1 Gentili critica Rosário após ela defender o Porta dos Fundos
2 Netflix tenta impedir remoção do filme do Porta dos Fundos
3 Multa ao Porta será de R$ 150 mil caso filme seja mantido
4 Damares aprova remoção do especial do Porta dos Fundos
5 Justiça manda retirar especial do Porta dos Fundos do ar

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo